O que é inflação e quais são suas consequências para a economia?

Entender o que é inflação e como ela impacta o dia a dia dos brasileiros ajudará a ter uma melhor percepção do cenário econômico do país
 (Getty/Getty Images)
(Getty/Getty Images)
D
Da Redação

Publicado em 05/07/2022 às 18:44.

Última atualização em 05/08/2022 às 14:17.

Dentre os diversos temas econômicos tratados nos noticiários, um vem se destacando desde os anos de 2021 e 2022, a inflação. Apesar de muitos ainda não entenderem de fato esse conceito, os brasileiros acabam por sentir no bolso seu funcionamento, na prática.

Desse modo, entender o que é inflação e como ela impacta o dia a dia dos brasileiros lhe ajudará a ter uma melhor percepção sobre o andamento do cenário econômico brasileiro. Além disso, será possível analisar as melhores possibilidades de investimento, de modo a evitar que seu dinheiro perca poder de compra no futuro.

O que é inflação?

Inflação é um conceito econômico que representa o aumento de preços de produtos e serviços. Apesar disso, as definições desse conceito são discutíveis, visto que alguns economistas dizem que a definição correta seria o aumento da oferta monetária. Para esta linha de pensamento, o encarecimento de produtos e serviços seria apenas um “sintoma” da expansão dessa oferta.

No entanto, definir a inflação como o aumento de preços é a explicação mais utilizada por grande parte dos economistas brasileiros quando se fala a respeito desse assunto, de forma que já se tornou o senso comum a ser seguido.

Nesse mesmo contexto, ainda é possível acontecer o processo contrário, conhecido como deflação, que é quando os preços dos produtos e serviços caem, implicando aumento do poder de compra do dinheiro.

Quais são as principais consequências da inflação?

Para medir a inflação de um país, ou ainda de algum conjunto de bens e serviços inseridos em determinado setor, alguns índices são utilizados para estudo. Com isso, é possível realizar comparações periódicas e observar se a inflação está acelerando ou se arrefecendo.

​​​Segundo o site do Banco Central do Brasil (BCB), algumas das razões que podem levar ao aumento da inflação são: pressão de demanda, inércia inflacionária e pressão de custos. 

Por consequência, a inflação acaba gerando um cenário de incertezas na economia, assim como desincentiva que novos investimentos sejam realizados. Na prática, isso traz dificuldades para o crescimento econômico do país.

Com a inflação avançando, os preços relativos de produtos e serviços acabam distorcidos, dificultando observar se eles estão realmente caros ou baratos. Outro efeito da alta dos índices inflacionários pode ser o crescimento da dívida pública, cenário bastante prejudicial para o país na visão internacional.

Por fim, a inflação oficial do Brasil é medida pelo índice IPCA, responsável por mostrar o custo médio de vida das famílias que possuem uma renda mensal que varia entre um a 40 salários-mínimos. Alguns outros índices com características próprias também são utilizados, tais como: 

  • Índices Nacional de Preços ao Consumidor (INPC);
  • Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI);
  • Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M);
  • Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC - S);
  • Índice de Preços ao Consumidor do Município de São Paulo (IPC-Fipe);
  • Índice de Preços no Varejo (IPV).

Foi possível entender o que é inflação e quais são suas principais consequências para a economia de um país? Confira outros conteúdos como esse em nosso Guia de Investimentos, como:

O que é taxa Selic?
O que é IPCA acumulado?
O que é IOF?

Veja Também

Copom eleva Selic para 13,75% ao ano
Economia
Há 2 dias • 3 min de leitura

Copom eleva Selic para 13,75% ao ano