Inteligência Artificial

Lenovo lança primeiros notebooks Copilot+ com chips Snapdragon X Elite no Brasil

Nova linha de computadores promete processamento avançado de IA sem depender de data centers e até 20 horas de funcionamento fora da tomada

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 18 de junho de 2024 às 09h52.

Última atualização em 21 de junho de 2024 às 10h31.

Como anunciado pela Microsoft, em maio, durante o evento de novidade Build, chegam nesta terça-feira, 18, os primeiros PCs Copilot+, marcando uma nova fase para a empresa e seus parceiros fabricantes de computadores. Segundo Satya Nadella, CEO da Microsoft, esses dispositivos representam uma "nova classe de PCs com Windows", projetados para executar processos de inteligência artificial de forma local, reduzindo a dependência de data centers.

Os novos laptops são equipados com chipsets Snapdragon baseados em arquitetura Arm da Qualcomm, que incluem uma unidade de processamento neural (NPU). Para serem classificados como Copilot+, os PCs devem ter, no mínimo, 40 TOPs (operações tera por segundo) de desempenho da NPU, além de 16GB de RAM e 256GB de armazenamento. Todos os modelos possuem um botão dedicado ao Copilot no teclado e prometem uma longa duração de bateria.

Quem vai vencer a corrida pela melhor IA?

No caso da Lenovo, o momento de lançamento é global e com isso traz para os brasileiros a oportunidade de comprar as primeira duas opções de notebooks com Copilot+ do mercado nacional: o Lenovo Yoga Slim 7x e o ThinkPad T14s de 6ª Geração. Ambos estão equipados com tecnologias de inteligência artificial para aprimorar a experiência do usuário.

Confira, abaixo, os detalhes técnicos de cada um dos dispositivos:

Lenovo Yoga Slim 7x

O Lenovo Yoga Slim 7x, com processador Snapdragon X Elite e NPU Hexagon, é projetado para criadores de conteúdo. Ele oferece funcionalidades avançadas de edição de fotos e vídeos, criação de texto e feedback de edição, além de suporte para recursos de IA como texto para imagem. O dispositivo também possui câmera avançada, áudio de alta definição, streaming de vídeo em 4K, conectividade de internet rápida e segurança aprimorada.

Com peso de 1,28 kg e espessura de 12,9 mm, o Yoga Slim 7x é portátil e potente. Ele conta com um painel de toque PureSight OLED de 14,5” com resolução 3K e suporte para gama de cores 100% sRGB e DCI-P3. A webcam FHD MIPI IR e quatro microfones garantem qualidade em videochamadas. O sistema de som superior e o teclado Premium Suite com espaçamento de 1,5 mm entre teclas aumentam o conforto e a precisão durante o uso.

O dispositivo é eficiente em termos de recursos, com design e embalagem livres de plástico e opções de compensação de CO2. O Yoga Slim 7x está disponível no Brasil a partir de 18 de junho, com preço inicial de R$ 11.999.

ThinkPad T14s de 6ª Geração

O ThinkPad T14s Gen 6 é o primeiro PC para empresas da Lenovo com inteligência artificial de próxima geração. Equipado com o processador Snapdragon X Elite e GPU Adreno integrada, o dispositivo oferece uma experiência superior de desempenho e eficiência. O NPU integrado de 45 TOPS potencializa recursos de IA focados na produtividade e na criatividade.

Com até 64GB de memória LPDDR5x e design ultrafino de 14”, o ThinkPad T14s Gen 6 é ideal para profissionais. A barra de comunicação inclui uma câmera FHD+IR MIPI com obturador de privacidade e a conectividade é garantida por Wi-Fi 7 e 5G-Sub 6 opcional. A bateria de 58Wh oferece autonomia de pelo menos um dia.

O ThinkPad T14s Gen 6 estará disponível no Brasil a partir do final de julho, com preço inicial de R$ 11.999.

Lançamento complicado

Os PCs Copilot+ podem revolucionar a interação com os computadores, oferecendo nuances de linguagem natural em diversas tarefas cotidianas. O Windows 11 inclui uma camada com dezenas de modelos de IA integrados, capazes de realizar processos como restauração automática de fotos, legendas e traduções em tempo real para vídeos, aprimoramento gráfico para jogos, geração de imagens, resumos de textos, entre outros.

Entretanto, um recurso amplamente divulgado estará ausente na maioria dos PCs Copilot+ inicialmente. A Microsoft decidiu adiar o lançamento do Recall, funcionalidade que ajuda a encontrar qualquer item acessado no computador, como páginas web, documentos, e-mails, chats ou imagens. Para isso, o Windows tiraria instantâneos das atividades do usuário a cada poucos segundos, criando uma linha do tempo do Recall.

Críticos de privacidade logo se manifestaram contra a funcionalidade. A Microsoft respondeu tornando o Recall opcional e adicionando camadas extras de criptografia. Dias antes do lançamento dos PCs Copilot+, a empresa anunciou que o Recall estaria disponível inicialmente apenas no Programa Windows Insider, buscando feedback de mais testadores antes de liberá-lo para todos os PCs Copilot+ elegíveis.

Mesmo assim, muitos PCs Copilot+ já estão disponíveis e a Microsoft planeja implementar os recursos anunciados gradualmente nos próximos meses. Dell, Acer e HP, junto da Lenovo, estão entre os primeiros fabricantes a produzir PCs Copilot+, além dos próprios modelos da Microsoft.

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialNotebooks

Mais de Inteligência Artificial

Cerca de 80% das empresas no Brasil investiram ou vão investir em IA nos próximos 12 meses

OpenAI define cinco níveis para alcançar a inteligência artificial humana

Pesquisa mostra resistência ao uso de IA no atendimento ao cliente

AMD anuncia aquisição do maior laboratório privado de IA da Europa por R$ 3,5 bilhões

Mais na Exame