Starbucks cria programa de recompensas e descontos com NFTs e foco na Web3

Gigante norte-americana quer estreitar laços com seus clientes e investir no setor, que volta a ganhar destaque entre empresas e celebridades
Tecnologia blockchain auxiliará Starbucks em novo programa de recompensas (Joshua Trujillo/Starbucks/Divulgação)
Tecnologia blockchain auxiliará Starbucks em novo programa de recompensas (Joshua Trujillo/Starbucks/Divulgação)
G
Gabriel RubinsteinnPublicado em 05/08/2022 às 19:43.

A gigante norte-americana Starbucks está trabalhando em um programa de fidelidade digital que envolve recompensas, descontos e NFTs colecionáveis e tem como foco principal a Web3, como é chamada a nova fase da internet que tem a tecnologia blockchain e a decentralização como pontos centrais.

Na reunião de apresentação dos resultados da empresa relativos ao terceiro trimestre, realizada na última terça-feira, 2, o CEO da companhia, Howard Schultz, falou sobre a iniciativa e anunciou que o lançamento deve acontecer em um evento para os investidores da Starbucks marcado para 13 de setembro, em Seattle (EUA).

(Mynt/Divulgação)

“Acreditamos que esta nova iniciativa digital habilitada para a Web3 nos permitirá desenvolver o atual modelo de engajamento do [programa] Starbucks Rewards, ao mesmo tempo em que introduz novos métodos de envolvimento emocional dos clientes", disse o executivo.

Schultz também explicou que a novidade vai dar aos clientes uma experiência exclusiva e que um dos objetivos da iniciativa é estreitar laços com os fãs da marca: "[A iniciativa] vai expandir nossa comunidade digital e oferecer um conjunto mais amplo de recompensas, incluindo experiências únicas que você não poderá obter em nenhum outro lugar, integrando nosso ecossistema digital Starbucks Rewards com colecionáveis digitais da marca Starbucks como recompensa e elemento de construção da comunidade”.

Para o executivo, a novidade também terá a capacidade de atrair novos consumidores: “Isso criará um efeito totalmente novo de rede digital que atrairá novos clientes e agregará aos clientes existentes em nossas principais lojas de varejo”, explicou.

A decisão da Starbucks, que já tinha indicado o interesse por NFTs no início do ano, quando prometeu entrar neste mercado até o final de 2022, vem no momento em que os tokens não fungíveis voltam a ganhar atenção fora da "bolha" dos entusiastas do mercado cripto, impulsionados pela decisão do Instagram de liberar funções com a tecnologia para seus usuários em mais de 100 países, incluindo o Brasil.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok