Future of Money

Recuperação do bitcoin continua e é impulsionada por cenário macro e ETFs nos EUA

Cenário macroeconômico dos EUA e ETFs trazem alívio para o bitcoin e impulsionam uma recuperação do ativo digital

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 6 de maio de 2024 às 11h21.

Última atualização em 6 de maio de 2024 às 11h30.

Tudo sobreBitcoin
Saiba mais

Nesta segunda-feira, 6, o bitcoin inicia a semana no verde dando continuidade ao movimento de recuperação de preço iniciado na última semana. Impulsionada por sinais favoráveis no cenário macroeconômico e dos fundos negociados em bolsa (ETFs) de bitcoin nos EUA, a principal criptomoeda do mercado movimenta US$ 24,7 bilhões nas últimas 24 horas.

No momento, o bitcoin é cotado a US$ 64.011, com alta de 0,1% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap.

"O bitcoin registrou uma alta significativa de 12% desde a última semana, marcada pela divulgação dos dados de emprego nos EUA na sexta-feira, 3. A desaceleração no mercado de trabalho, refletida na criação de novos postos de trabalho 26% abaixo do esperado, foi interpretada positivamente pelo mercado, indicando possíveis condições mais favoráveis para o controle da inflação", disse João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual.

Recentemente, os analistas da Mynt divulgaram a carteira recomendada de criptoativos para maio, em que o bitcoin e outras duas criptomoedas se destacam entre as principais recomendações.

Além do cenário macroeconômico, notícias favoráveis em relação aos ETFs de bitcoin à vista nos EUA podem ter impulsionado o otimismo entre investidores da principal criptomoeda. Na última sexta-feira, 3, o GBTC, maior ETF de bitcoin à vista, registrou seu primeiro saldo positivo líquido com US$ 63 milhões em entradas desde o fundo foi convertido em ETF em janeiro deste ano.

Criptomoedas hoje

O ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum, é cotado a US$ 3.111, com queda de 0,7% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Apesar disso, outras criptomoedas entre as 20 maiores do mundo por valor de mercado se destacam no lado positivo no mesmo período:

• Solana (SOL): + 5,9%
• Chainlink (LINK): +4,1%
• Near Protocol (NEAR): + 5,3%

Sabia que você pode investir em Bitcoin, ether, Solana e muitas outras moedas digitais direto no app da Mynt? Comece com R$ 100 e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Clique aqui para abrir sua conta gratuitamente.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:BitcoinCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

Comissão Federal de Comércio dos EUA alerta para aumento de golpes românticos com criptomoedas

Bitcoin em “queda livre” é oportunidade de compra? Especialista do BTG responde

G20 debate como blockchain pode ajudar na economia digital e segurança dos maiores países do mundo

Inteligência artificial “vai transformar bancos”, diz pesquisa do Boston Consulting Group

Mais na Exame