Produtora do jogo FIFA, Eletronic Arts segue Nintendo e diz não a NFTs

Dona de sucessos do mundo dos games como o FIFA, Electronic Arts diz que não pretende implementar NFTs por enquanto, mesmo após elogiar a tecnologia
CEO da EA chegou a definir os jogos play-to-earn como o "futuro da nossa indústria" (Getty Images/Getty Images)
CEO da EA chegou a definir os jogos play-to-earn como o "futuro da nossa indústria" (Getty Images/Getty Images)
C
Cointelegraph Brasil

Publicado em 04/02/2022 às 10:12.

Última atualização em 04/02/2022 às 18:24.

Os amantes dos jogos FIFA que aguardavam a uma possível entrada dos tokens não-fungíveis (NFTs) nos gramados de um dos maiores games de todos os tempos terão que esperar. Isso porque o CEO da desenvolvedora e distribuidora Eletronic Arts (EA), Andrew Wilson, descartou qualquer possibilidade de a empresa lançar projetos de jogos em blockchain e NFTs, por enquanto.

O anúncio foi feito na última terça-feira, 1, durante uma teleconferência da EA para apresentação dos resultados financeiros da empresa durante o terceiro trimestre de 2021.

O recuo da EA, por outro lado, agradou aos jogadores que disseram ter sofrido um “golpe” quando o CEO da empresa sinalizou que os NFTs e a blockchain estavam no radar da EA, há três meses, quando Wilson classificou as tecnologias como "o futuro de nossa indústria." Agora, o CEO fala em avaliação de longo prazo em relação às tecnologias.

Questionado sobre possíveis investimentos em projetos envolvendo NFTs e blockchain, ele descartou a possibilidade ao declarar que:

Acredito que a colecionabilidade continuará sendo uma parte importante de nossa indústria e dos jogos e experiências que oferecemos aos nossos jogadores. Se isso faz parte da blockchain e NFTs, bem, isso ainda vamos ver. E acho que a maneira como pensamos sobre isso é que queremos oferecer a melhor experiência possível ao jogador, vamos avaliar isso ao longo do tempo, mas, no momento, não é algo em que estamos nos esforçando.

No início de novembro do ano passado, o mesmo Andrew Wilson deu a entender que a EA adotaria os NFTs em jogos do tipo play-to-earn ao falar na teleconferência de resultados da empresa, ocasião em que o CEO da gigante dos videogames avaliou a possibilidade da empresa pensar “de forma mais inovadora e criativa sobre isso no futuro”.

Ainda este mês, a EA havia demonstrado uma abertura à tecnologia blockchain e NFTs ao incluir a Socios.com como patrocinadora nas camisas de alguns dos times do FIFA 22. A Socios.com trabalha em parceria com diversos times de futebol na emissão de seus fan tokens e tais patrocínios estavam ocultos até o momento.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok