Future of Money

Empresa compra R$ 4,2 bilhões em bitcoin e expande investimentos na criptomoeda

MicroStrategy é a maior detentora institucional do ativo digital, que é usado como reserva de valor pela companhia

MicroStrategy é a maior detentora institucional do bitcoin (Reprodução/Reprodução)

MicroStrategy é a maior detentora institucional do bitcoin (Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 20 de junho de 2024 às 11h37.

A empresa de software MicroStrategy comprou nesta quinta-feira, 20, US$ 786 milhões (R$ 4,2 bilhões, na cotação atual) em bitcoin, equivalentes a cerca de 11,9 mil unidades do ativo. Com a aquisição, a companhia reforçou sua posição como maior detentora institucional da criptomoeda.

Informações divulgadas pela própria companhia em um comunicado apontam que, agora, a MicroStrategy possui 226.331 unidades de bitcoin, com um valor total de quase US$ 15 bilhões, considerando o preço atual da criptomoeda. O preço médio de compra por unidade está em US$ 36.798.

O comunicado da MicroStrategy aponta ainda que, até o momento, a companhia gastou US$ 8,33 bilhões com as compras da criptomoeda, mas está com um lucro de quase US$ 7 bilhões. Os ativos são usados pela empresa como uma reserva de valor desde 2020.

A nova aquisição de unidades de bitcoin foi possível graças à emissão de notas conversíveis que foram oferecidas para investidores institucionais. A estratégia de usar títulos de dívida para investir na criptomoeda não é nova. Na emissão mais recente, por ofertados quase US$ 800 milhões em notas.

Já em março deste ano, a MicroStrategy adquiriu US$ 623 milhões em unidades do ativo, também reunindo o capital necessário para a operação por meio da emissão de notas. Os executivos que lideram a empresa afirmaram em mais de uma ocasião que pretendem manter a estratégia de compras por tempo indeterminado.

  • Uma nova era da economia digital está acontecendo bem diante dos seus olhos. Não perca tempo nem fique para trás: abra sua conta na Mynt e invista com o apoio de especialistas e com curadoria dos melhores criptoativos para você investir.  

Phong Le, CEO da MicroStrategy, pontuou que o primeiro trimestre de 2024 foi o 14º seguido de aquisições da criptomoeda. Ele afirmou que a empresa "segue comprometida com o desenvolvimento da rede Bitcoin".

"Acreditamos que a combinação de nossa estrutura operacional, estratégia de bitcoin e foco em inovação tecnológica proporciona uma oportunidade única de criação de valor para nossos acionistas", disse o executivo.

Nos últimos meses, a empresa tem competido com a BlackRock pelo título de maior investidora institucional da criptomoeda. No caso da gestora, porém, os investimentos no ativo refletem o funcionamento do seu ETF de bitcoin, que segue acumulando investimentos bilionários.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosBitcoin

Mais de Future of Money

Meta planeja corte de 20% em orçamento de divisão focada no metaverso

Hiperautomação, blockchain e Web3: o futuro da transformação digital

Independência financeira: empresas e corretoras cripto estão preparadas para esta demanda?

Drex: quase metade dos brasileiros não está convencida de adotar o real digital, revela pesquisa

Mais na Exame