• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Maior banco da Argentina começa a oferecer negociação de criptomoedas

País sofre com inflação elevada há alguns anos e tem visto boa parte da população buscar refúgio nas criptomoedas; maior do país, o banco Galicia passou a oferecer negociação de ativos digitais
Além do Galicia, o banco digital argentino Brubank também vai passar a ofertar bitcoin, ether e USCDC (Getty Images/btgbtg)
Além do Galicia, o banco digital argentino Brubank também vai passar a ofertar bitcoin, ether e USCDC (Getty Images/btgbtg)
Por Gabriel MarquesPublicado em 03/05/2022 18:55 | Última atualização em 03/05/2022 19:19Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O Banco Galicia, o maior da Argentina em valor de mercado, passou a oferecer a seus clientes a possibilidade de negociar criptomoedas a partir da última segunda-feira, 2. O movimento visa atrair clientes mais jovens e aqueles que desejam fugir da forte inflação no país vizinho. No início, os ativos disponíveis são bitcoin, ether, USDC e XRP.

Apesar de permitir a compra dos ativos digitais, a empresa ainda não permite saque ou envio de criptomoedas de outras carteiras para o banco. Em parceria com a carteira digital Lirium, a negociação acontece na mesma plataforma em que clientes da instituição financeira negociam ações.

(Mynt/Divulgação)

Segundo Martin Kopacz, COO da Lirium, o banco também vai oferecer um serviço de custódia de cripto a seus clientes e que a funcionalidade deve estar disponível para todos até o meio do mês, reportou o CoinDesk. Ainda segundo ele, a empresa está trabalhando para possibilitar integrações similares no Brasil e México.

Além do Galicia, o banco digital argentino Brubank também vai passar a ofertar bitcoin, ether e USCDC para seus clientes nesta semana.

A Argentina atravessa uma forte crise econômica desde 2017, quando o presidente Mauricio Macri deixou o comando, dando lugar a Alberto Fernández. Desde então, o peso argentino despencou frente o dólar americano, fazendo com que muitos argentinos recorressem a cripto como reserva de valor.

A cidade de Sorradino, na província de Santa Fé, também vai passar a usar criptomoedas como fuga da inflação. A cidade, que já comprou seis placas de vídeo e vai comprar uma plataforma de mineração, está arrecadando dinheiro para uma atualização de infraestrutura rodoviária. De acordo com o prefeito Juan Pio Drovetta, a iniciativa foi apoiada pela comunidade local.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok