Taxas de transação nas redes do bitcoin e do Ethereum caem mais de 90%

Com uma drástica redução nas atividades em suas redes, o custo médio por transação nas principais blockchains do mundo voltou para os níveis do início de 2021

O custo para realizar transações nas blockchains do bitcoin e do Ethereum têm diminuído rapidamente nas últimas semanas, alcançando uma redução de 93% a 95% na média das taxas de transação registradas nos últimos dois meses.

As taxas são pagas aos mineradores que processam as transações em uma blockchain que utiliza o mecanismo de consenso de prova de trabalho. O valor da taxa depende do tamanho da transação em bytes e por quantas transações uma moeda passou no passado (já que elas precisam ser verificadas toda vez que uma moeda é movida). A oferta e a demanda por espaço também determinam o tamanho da taxa de transação, uma vez que as blockchains têm capacidade limitada.

Tanto o custo de transação do bitcoin quanto do ether subiram para níveis históricos em 2021 nos meses de abril e maio, respectivamente, coincidindo com a valorização das moedas e seus picos de preço.

A taxa média de transação do bitcoin atingiu 62,77 dólares em 24 de abril, superando o seu antigo recorde de 55 dólares, que foi registrado em dezembro de 2017, durante o pico de preços da criptomoeda naquele ano. No último domingo, 6, as taxas caíram para 4,38 dólares, evidenciando uma redução de 93% em relação a máxima de abril, fazendo com que a taxa média por transação na blockchain do bitcoin retornasse a níveis que não eram vistos desde dezembro de 2020, antes do grande aumento de preços do mercado de criptomoedas.

O mesmo padrão foi visto na blockchain Ethereum, na qual a média das taxas de transação também aumentaram drasticamente, alcançando 69,92 dólares no dia 12 de maio. Essa foi outra máxima histórica no custo para realizar transações na rede que, sem sombra de dúvidas, foi impulsionada pelo aumento no nível de atividade em sua blockchain por conta do lançamento de aplicações DeFi (finanças descentralizadas) e da corretora descentralizada Uniswap, que é responsável pela maior quantidade de transações na rede atualmente.

No domingo, a média das taxas da rede do ether alcançaram os 3,44 dólares - um valor que não era visto desde o primeiro dia de 2021 - totalizando uma redução de 95% em relação ao pico de maio. As taxas nas duas blockchains tendem a aumentar sempre que há um aumento repentino no preço da moeda ou uma nova aplicação que aumenta drasticamente o uso da rede.

Gráfico taxas de transação Aumentos históricos nas taxas de transação

Aumentos históricos nas taxas de transação (Bitinfocharts/Divulgação)

De acordo com o que foi relatado anteriormente pelo Cointelegraph, o número de transações na blockchain do bitcoin e do Ethereum também estão em queda. Entre janeiro e junho, o número diário de transações na rede do bitcoin caíram de 400.000 para apenas 175.000. Da mesma forma, o número de transações diárias na rede do ether caíram de 1,6 milhão para 1 milhão entre maio e junho, atingindo uma queda de 37,5%.

por Cointelegraph Brasil

No curso "Decifrando as Criptomoedas" da EXAME Academy, Nicholas Sacchi, mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o seu funcionamento. Confira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.