Recém-chegada ao Brasil, Bitso recebe aporte bilionário e é novo unicórnio

Após sua chegada ao mercado de varejo brasileiro, Bitso anuncia aporte de capital bilionário para expandir operação na América Latina

Paralelamente a sua estreia no mercado de varejo brasileiro, a maior plataforma de criptoativos em volume da América Latina, a Bitso, anunciou nesta quarta-feira, 5, o recebimento de um aporte de capital de 250 milhões de dólares, se tornando um novo unicórnio no setor de criptoativos.

A corretora mexicana com mais de 2 milhões de clientes na Argentina e México, a Bitso já havia pousado em território brasileiro no final de 2020, entretanto, inicialmente, os serviços da plataforma estavam disponíveis apenas para investidores institucionais. A estreia no varejo nacional faz parte do plano de expansão da atuação da empresa na América Latina, que será impulsionada pelo aporte de capital milionário recebido em sua última rodada de investimentos.

Liderada por Tiger Global e Coatue, a mais recente rodada de investimentos de 250 milhões de dólares da Bitso, tem como objetivo principal aumentar o acesso aos criptoativos na América Latina. Com o grande aporte de capital, a corretora mexicana de criptomoedas alcançou o valor de mercado de 2,2 bilhões de dólares, se tornando o primeiro unicórnio do setor na região.

Sobre a rodada de investimentos, Scott Shleifer, sócio da Tiger Global, gestora de investimentos norte-americana, disse que investir na Bitso é uma ótima forma de acompanhar a rápida expansão no mercado de criptoativos na América Latina, salientando que a corretora tem as ferramentas corretas para crescer no mercado.

“Criptoativos estão ganhando adoção rapidamente na América Latina. Estamos animados com a parceria com a Bitso e acreditamos que eles têm a equipe e a plataforma certas para aumentar a participação neste mercado crescente”, disse Scott.

Além das gestoras de investimento já citadas, a rodada de investimento também contou com a participação de outros fundos, como Paradigm, Bond e Valor Capital, que se juntaram a QED, Kaszek e Pantera Capital, que já haviam investido 62 milhões de dólares na Bitso no final de 2020.

Marcos Jarne, country manager da Bitso no Brasil, comentou que a corretora vivencia um momento extraordinário ressaltando a importância da chegada ao Brasil e colocando o aporte de capital milionário como uma via para novos negócios.

"Este é um momento especial para a Bitso, com duas conquistas significativas para o crescimento da empresa, global e localmente... Ao iniciarmos a operação de varejo no Brasil, avançamos em nosso objetivo de tornar os criptoativos úteis para as pessoas e de participar ativamente da expansão do mercado local. A nova rodada de investimento consolida a empresa como um dos principais players do mercado e abre novas possibilidades de negócios”, comentou Marcos.

Com uma vasta base de clientes na América Latina, a Bitso é a única plataforma na região que oferece seguro contra roubos de carteiras provenientes de ataques cibernéticos, demonstrando a confiança na plataforma em seu sistema de segurança, que figura entre as 10 plataformas de negociação de criptomoedas mais seguras do mundo de acordo com ranking de segurança cibernética, o CER.

No curso Decifrando as Criptomoedas da EXAME Academy, Nicholas Sacchi, head de criptoativos da EXAME, mergulha no universo de criptoativos, com o objetivo de desmistificar e trazer clareza sobre o funcionamento. Confira.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também