Future of Money

Corretoras vão suspender saque e depósito durante atualização na Ethereum

Por conta de possíveis instabilidades na rede durante implementação da Arrow Glacier, corretoras irão interromper transferências de ether e outros tokens ERC-20 nesta quinta-feira

 (Divulgação/Divulgação)

(Divulgação/Divulgação)

Criada com o objetivo de adiar a bomba de dificuldade da rede Ethereum, que será responsável por impulsionar a transição do mecanismo de consenso de proof-of-work (PoW) para proof-of-stake (Pos), a atualização Arrow Glacier, que deve ser implementada nesta quinta-feira, 9, irá interromper o funcionamento normal de depósitos e saques de ether e outros tokens da rede em corretoras de todo o mundo até o fim de seu processo de atualização.

Na próxima quinta-feira, 9, a Ethereum irá receber uma nova atualização, a Arrow Glacier, que será responsável por adiar a bomba de dificuldade da rede e, por interromper temporariamente o funcionamento normal de depósitos e saques de ether e outros tokens ERC-20 em corretoras de todo o mundo até o fim de sua implementação.

A atualização programada para acontecer no bloco 13.773.000 poderá causar uma instabilidade durante os próximos dias na rede Ethereum e, por conta disso, grandes corretoras como a Binance já anunciaram a pausa de saques e depósitos, visando minimizar os riscos de possíveis falhas na realização destas transações.

De acordo com o comunicado da Binance, a corretoras interromperá os depósitos e saques de tokens da rede Ethereum à partir das 16h55 da próxima quinta-feira, 9, e voltarão ao normal assim que o funcionamento da rede estiver normalizado. Entretanto, a corretora deixou claro que a implementação da atualização não alterará o funcionamento das negociações de ether, ou de qualquer outro token no padrão ERC-20 em sua plataforma.

Conhecida por ser uma ferramenta utilizada pelos desenvolvedores da rede Ethereum para incentivar a transição do mecanismo de consenso do protocolo, a bomba de dificuldade foi criada com o intuito de dificultar a mineração de ether e, por consequência, diminuir a recompensa diária obtida por mineradores que aplicam poder computacional à rede para validar as transações.

Essa não é a primeira vez que o acionamento da bomba de dificuldade na rede Ethereum é adiado. Em agosto deste ano, como parte de uma das propostas de melhoria implementadas junto com a atualização London, a EIP-3554 foi responsável por postergar o “congelamento” da atividade de mineração utilizando o PoW, tornando ainda mais distante a Ethereum 2.0 e a utilização do proof-of-stake, que é aguardado por muitos investidores, principalmente por diminuir a pegada ecológica por trás do processo de validação das transações na rede.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptoativosCriptomoedasEthereum

Mais de Future of Money

Governo da Alemanha movimenta mais de R$ 2 bilhões em bitcoin e gera temor no mercado

'CEO mais odiado dos EUA' é descoberto como criador de falsa criptomoeda 'oficial' de Donald Trump

Vale do Silício: lugar certo para acelerar ideias e projetos; veja as oportunidades para startups

Grandes investidores vendem R$ 6 bilhões em bitcoin em 2 semanas

Mais na Exame