Acompanhe:

Analistas da Bernstein afirmaram nesta quarta-feira, 22, que a saída de Changpeng Zhao do cargo de CEO e o pagamento de uma multa bilionária para o governo dos Estados Unidos não deverão encerrar a hegemonia da Binance no mercado de criptomoedas. A gestora de US$ 67 bilhões (R$ 327 bilhões, na cotação atual) falou sobre o tema em um novo relatório.

Na visão dos analistas, o acordo fechado entre a maior corretora de criptomoedas do mundo e o governo dos Estados Unidos não gerou um "pânico significativo" entre os clientes da exchange, o que por sua vez não resultou em um fluxo massivo de retirada de investimentos.

Por isso, a expectativa da Bernstein é que a Binance consiga manter a sua posição de dominância no mercado internacional. No momento, mais de 50% de todo o volume transacionado em corretoras cripto passou pela Binance, com a exchange mantendo uma parcela significativa do mercado nos últimos anos.

"A reputação da Binance com clientes de varejo fora dos Estados Unidos permaneceu forte durante a crise", destacaram os analistas da gestora. Eles ressaltam ainda que, apesar da Binance ter concordado em encerrar suas operações no país, ela continuará operando normalmente em outras jurisdições.

Mudanças no mercado cripto

Ao mesmo tempo, os analistas dizem que a Binance precisará lidar agora com uma competição mais intensa por parte de outras grandes corretoras, em especial a Coinbase e novas exchanges que estão ganhando espaço em mercados regulados como de Hong Kong e de Singapura.

O relatório aponta que as informações financeiras divulgadas pela Binance indicam que ela possui uma capacidade de pagar a multa de US$ 4,3 bilhões acordada com o governo dos Estados Unidos sem afetar a saúde de suas operações.

"A saída completa da Binance dos Estados Unidos significaria o domínio contínuo das bolsas onshore e estabelecidas no país. Em nossa opinião, esta é a gota d'água antes que o establishment se sinta confortável para aprovar um ETF de bitcoin à vista regulamentado", destacam os analistas.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Projeto anuncia distribuição gratuita de criptomoeda que poderá valer R$ 5 bilhões
Future of Money

Projeto anuncia distribuição gratuita de criptomoeda que poderá valer R$ 5 bilhões

Há 14 horas

Citi anuncia projeto de tokenização em parceria com blockchain Avalanche
Future of Money

Citi anuncia projeto de tokenização em parceria com blockchain Avalanche

Há 15 horas

Mais de US$ 1 trilhão: bitcoin supera valor de mercado da B3, a bolsa brasileira
Future of Money

Mais de US$ 1 trilhão: bitcoin supera valor de mercado da B3, a bolsa brasileira

Há 16 horas

Bitcoin atinge preço recorde em relação ao iene após desvalorização da moeda do Japão
Future of Money

Bitcoin atinge preço recorde em relação ao iene após desvalorização da moeda do Japão

Há 17 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais