A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Setor de serviços cresce 0,5% em agosto e tem 5ª alta seguida

Setor atinge maior nível em quase 6 anos, mas ainda está 7,1% abaixo do recorde histórico, alcançado em novembro de 2014

O volume do setor de serviços do Brasil cresceu 0,5 por cento em relação a julho e teve alta de 16,7 por cento na comparação com o mesmo mês do ano anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. Trata-se da quinta alta mensal seguida.

O setor está 4,6% acima do patamar pré-pandemia, alcançando o nível mais elevado desde novembro de 2015.

O resultado de agosto ficou dentro das estimativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que previam desde estabilidade (0,0%) a uma alta de 1,7%, com mediana positiva de 0,4%.

Na comparação com agosto do ano anterior, houve elevação de 16,7% em agosto de 2021, já descontado o efeito da inflação. Nessa comparação, as previsões eram de uma elevação de 12,2% a 18,8%, com mediana positiva de 16,2%. A taxa acumulada no ano de 2021 foi de elevação de 11,5%. Em 12 meses, os serviços acumulam alta de 5,1%.

A receita bruta nominal do setor de serviços subiu 1,0% em agosto ante julho. Na comparação com agosto de 2020, houve avanço de 20,7% na receita nominal, segundo o IBGE.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também