A página inicial está de cara nova Experimentar close button
Conheça o beta do novo site da Exame clicando neste botão.

Saldo de emprego em janeiro é de 29.595 vagas, diz Caged

Os empregos formais de janeiro representam um crescimento de 0,07% sobre o estoque do mês anterior

Brasília - O Brasil gerou 29.595 empregos formais em janeiro, saldo de 1.778.077 admissões e 1.748.482 desligamentos. O dado é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

O resultado ficou dentro da estimativa do AE Projeções, que apontou um resultado positivo de 11 mil a 100 mil postos no primeiro mês do ano.

Os 29.595 empregos formais de janeiro representam um crescimento de 0,07% sobre o estoque do mês anterior. Nos últimos 12 meses, foram criados 1.045.848 postos de trabalho, o que representa uma expansão de 2,64%.

Entre os diversos setores da economia, só o comércio recuou no mês passado, com queda de 78.118 postos de trabalho. A indústria da transformação gerou 38.516 postos.

A construção civil gerou 38.058 postos de trabalho formais e o setor de serviços apresentou alta de 24.681 postos. A agricultura gerou 3.745 postos de trabalho.

Sobre o comércio, o ministro do Trabalho, Manoel Dias, destacou que há forte movimento de contratação em dezembro devido às festas de final de ano. "Depois são dispensados", analisou. Sozinho, o comércio varejista fechou 82.751 no mês passado.

Segundo o MTE, o bom desempenho do emprego na indústria de transformação derivou-se da expansão em dez dos 12 segmentos que a integram.

Os ramos industriais que se sobressaíram foram indústria de calçados (mais 8.942 postos), indústria mecânica (+6.177 postos), indústria têxtil (+6.177) e indústria da borracha (+3.899 postos). Houve recuo na indústria de material de transporte (-1.092) e indústria de produtos alimentícios (-1.088).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também