Rússia limitará trânsito de alimentos de Belarus e Ucrânia

Rússia deve limitar trânsito de alimentos de Belarus e Ucrânia para o Cazaquistão, devido tentativas de burlar um bloqueio russo

Moscou- A Rússia deve limitar o trânsito de alimentos de Belarus e Ucrânia para o Cazaquistão por causa das tentativas desses países de burlarem um bloqueio russo, disse o diretor do serviço veterinário e fitossanitário russo nesta quinta-feira, segundo a agência de notícias RIA.

No início de agosto, a Rússia proibiu importações de frutas, vegetais, aves, peixes, leite e derivados da União Europeia e alguns outros países, avaliadas em cerca de 9 bilhões de dólares, numa retaliação a sanções do Ocidente em decorrência da crise na Ucrânia.

"Vamos conversar sobre a interrupção do trânsito para o Cazaquistão através das fronteiras de Belarus e Ucrânia, permitindo a passagem somente via nossos postos de controle", disse Sergei Dankvert, segunda a RIA.

Rússia, Belarus e Cazaquistão possuem zonas de livre comércio como parte de sua união alfandegária, e o governo de Belarus prometeu impedir que alimentos proibidos sejam enviados para a Rússia.

O serviço veterinário e fitossanitário russo relatou recentemente um caso em que 8 mil toneladas de carne, falsamente rotuladas como sendo de origem brasileira e destinada ao Cazaquistão, chegaram à Rússia por meio de Belarus, disse Dankvert.

O serviço conseguiu localizar cerca de 300 toneladas dessa carne, enquanto 7,5 mil toneladas "se perderam pela Rússia", acrescentou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.