Rublo se torna hoje a principal moeda da Crimeia

A moeda russa ainda conviverá durante um tempo com a grivna ucraniana

Moscou - O rublo russo é, a partir desta segunda-feira, a principal moeda da Crimeia, a península ucraniana anexada pela Rússia na semana passada, e conviverá durante um tempo com a grivna ucraniana.

"Desde hoje, o rublo é a principal divisa na República. Prestem atenção às contas", escreveu o primeiro-ministro crimeano, Sergei Axionov no Twitter.

Ele acrescentou que os primeiros pagamentos sociais como as previdência já serão feitas em rublos a partir de amanhã.

"Os problemas com as caixas registradoras e os caixas automáticos se regularão em uma semana", acrescentou o primeiro-ministro.

Axionov comunicou que "para ajudar os correntistas crimeanos, o Banco Central da Rússia, em qualidade de aportador de ativos, transferirá ao Fundo de Garantia de Depósitos 60 bilhões de rublos (quase R$ 14 bilhões) do lucro de 2013.

Segundo os dados apresentados por Axionov, "os crimeanos guardam em suas contas nos bancos locais entre oito e dez bilhões de grivnas (cerca de R$ 1,8 bilhão).

Já há alguns dias muitos hotéis e restaurantes cobram seus clientes na moeda russa.

Espera-se que a adaptação à nova moeda seja mais problemática para o comércio, que precisa configurar e até trocar as caixas registradoras para poder imprimir as notas em rublos.

O rublo e a grivna conviverão durante o chamado período transitório, programado para até 1º de janeiro do ano que vem. EFE

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.