Receita do varejo cresce 3,7% em outubro, diz Cielo

De acordo com o gerente da área de inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto, as vendas de outubro foram afetadas positivamente pelo calendário

São Paulo - A receita das vendas do comércio varejista encerrou outubro mostrando uma expansão de 3,7% na comparação com setembro, descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e 10,1%, em termos nominais.

É o que mostra o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), divulgado nesta quinta-feira, 13.

De acordo com o gerente da área de inteligência da Cielo, Gabriel Mariotto, as vendas de outubro foram afetadas positivamente pelo calendário, que teve uma sexta-feira a mais e uma terça-feira a menos.

"E o movimento do varejo em uma sexta-feira é cerca 20% maior que em uma terça-feira. Além disso, o feriado de 12 de outubro, que em 2013 caiu em um sábado - dia de grande movimento para o comércio -, neste ano ocorreu em um domingo", disse Mariotto.

Para ele, se não fossem esses efeitos, o ICVA teria apontado crescimento de 2,1% nas recentes vendas, descontada a inflação.

Para a economista da Tendências Consultoria Integrada Mariana Oliveira, o ICVA de outubro mostra estabilidade e está em linha com o fraco desempenho do varejo.

Ainda assim, ela destaca a melhora no mercado de crédito em outubro comparativamente a agosto e setembro por conta da melhora no prazo dos pagamentos dos empréstimos consignados e da adoção de medidas macroprudenciais para veículos.

Contudo, de acordo com Mariana, a retomada do aperto monetário no fim de outubro - o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou a taxa de juros em 0,25 ponto porcentual para 11,25% ao ano - deve se tornar um fator limitante para o varejo nos próximos meses.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.