Economia

Petrobras anuncia redução de R$ 0,40 no preço do diesel

Diesel ficará quase 9% mais barato nas refinarias da Petrobras a partir de quarta-feira, 8

Posto de combustível (foto de arquivo): Petrobras anunciou nova redução no diesel (Buda Mendes/Getty Images)

Posto de combustível (foto de arquivo): Petrobras anunciou nova redução no diesel (Buda Mendes/Getty Images)

CR

Carolina Riveira

Publicado em 7 de fevereiro de 2023 às 12h26.

Última atualização em 7 de fevereiro de 2023 às 12h57.

A Petrobras anunciou redução de R$ 0,40 no preço do diesel vendido em suas refinarias, na primeira mudança de tabela vista neste ano. O novo preço passa a valer a partir de quarta-feira, 8.

O preço médio de venda do diesel A às distribuidoras cai de R$ 4,50 para R$ 4,10 por litro, uma redução de quase 8,9%.

A última redução no preço do insumo havia ocorrido em dezembro. Já o preço da gasolina nas refinarias da estatal se mantém inalterado.

Em nota, a Petrobras disse que a redução "tem como principal balizador a busca pelo equilíbrio dos preços da Petrobras aos mercados nacional e internacional".

"A companhia, na formação de preços de derivados de petróleo e gás natural no mercado interno, busca evitar o repasse da volatilidade conjuntural das cotações e da taxa de câmbio, ao passo que preserva um ambiente competitivo salutar nos termos da legislação vigente", disse a empresa no comunicado.

A alteração de preço é a primeira desde que assumiu o novo presidente da estatal, o ex-senador Jean Paul Prates. Prates, que até o mês passado era senador pelo PT do Rio Grande do Norte e fez carreira no setor de energia, foi escolhido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em nome da União, que tem a prerrogativa de indicar o mandatário da estatal.

Apesar das mudanças no comando da estatal, o corte no preço ocorre em linha com a queda nos mercados internacionais. Segundo medição diária da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), no fechamento do mercado nesta segunda-feira, 6, o diesel às distribuidoras no mercado brasileiro era vendido, em média, com preço 14% acima do mercado internacional. 

Os preços de venda da Petrobras têm sido beneficiados nos últimos meses pela queda na cotação do petróleo. Após o insumo ter chegado a seu pico no início da guerra na Ucrânia, os temores de recessão global derrubaram o preço para abaixo dos US$ 100 a partir do segundo semestre do ano passado. Desde julho de 2022, a Petrobras promoveu ao todo cinco cortes no preço do diesel e cinco no preço da gasolina.

Quando o diesel mais barato chega aos postos?

Embora a mudança no preço do diesel passe a valer nesta semana, o preço que o consumidor paga no posto de combustível varia.

A Petrobras afirma que, como 10% do litro de diesel comercializado é por lei composto por biodiesel, a fatia da Petrobras no total do litro do diesel será, em média, de R$ 3,69/litro.

Depois disso, o preço ao consumidor na bomba inclui margens de lucro no restante da cadeia de produção e tributos, o que faz o valor final aumentar.

O preço médio do diesel vendido no Brasil estava em R$ 6,38 na semana encerrada em 28 de janeiro, segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). Os preços variam em cada estado e cidade e, frequentemente, em diferentes bairros da mesma cidade.

A mudança no preço às distribuidoras, além disso, diz respeito somente ao diesel comprado nas refinarias da Petrobras, que respondem por pouco menos de 70% do diesel consumido no Brasil. O Brasil também importa parte dos combustíveis que consome, já a preços próximos do mercado internacional, além de parte da produção feita em refinarias privatizadas.

Acompanhe tudo sobre:CombustíveisÓleo dieselPetrobras

Mais de Economia

Qual é a diferença entre bloqueio e contingenciamento de recursos do Orçamento? Entenda

Haddad anuncia corte de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir arcabouço e meta fiscal

Fazenda mantém projeção do PIB de 2024 em 2,5%; expectativa para inflação sobe para 3,9%

Mais na Exame