• AALR3 R$ 19,62 -0.66
  • AAPL34 R$ 73,27 -0.39
  • ABCB4 R$ 16,93 2.73
  • ABEV3 R$ 14,82 0.88
  • AERI3 R$ 4,01 -8.45
  • AESB3 R$ 10,86 1.21
  • AGRO3 R$ 31,73 0.38
  • ALPA4 R$ 21,33 -1.66
  • ALSO3 R$ 20,12 1.26
  • ALUP11 R$ 26,47 1.07
  • AMAR3 R$ 2,42 1.68
  • AMBP3 R$ 30,56 3.14
  • AMER3 R$ 23,54 -0.51
  • AMZO34 R$ 70,94 -0.82
  • ANIM3 R$ 5,79 4.32
  • ARZZ3 R$ 82,89 0.14
  • ASAI3 R$ 15,64 1.76
  • AZUL4 R$ 22,27 4.75
  • B3SA3 R$ 11,90 2.15
  • BBAS3 R$ 36,29 2.46
  • AALR3 R$ 19,62 -0.66
  • AAPL34 R$ 73,27 -0.39
  • ABCB4 R$ 16,93 2.73
  • ABEV3 R$ 14,82 0.88
  • AERI3 R$ 4,01 -8.45
  • AESB3 R$ 10,86 1.21
  • AGRO3 R$ 31,73 0.38
  • ALPA4 R$ 21,33 -1.66
  • ALSO3 R$ 20,12 1.26
  • ALUP11 R$ 26,47 1.07
  • AMAR3 R$ 2,42 1.68
  • AMBP3 R$ 30,56 3.14
  • AMER3 R$ 23,54 -0.51
  • AMZO34 R$ 70,94 -0.82
  • ANIM3 R$ 5,79 4.32
  • ARZZ3 R$ 82,89 0.14
  • ASAI3 R$ 15,64 1.76
  • AZUL4 R$ 22,27 4.75
  • B3SA3 R$ 11,90 2.15
  • BBAS3 R$ 36,29 2.46
Abra sua conta no BTG

Mercado passa a ver inflação perto de 5% em 2021

Relatório Focus divulgado pelo Banco Central nesta semana prevê taxa de crescimento em queda e maior depreciação do real
Pesquisa semanal do BC com cerca de 100 instituições financeiras elevou a previsão para inflação e dólar (Reuters/Adriano Machado)
Pesquisa semanal do BC com cerca de 100 instituições financeiras elevou a previsão para inflação e dólar (Reuters/Adriano Machado)
Por Camila Moreira, da ReutersPublicado em 19/04/2021 09:19 | Última atualização em 19/04/2021 09:19Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A expectativa do mercado para a inflação em 2021 no Brasil se aproximou de 5%, segundo o relatório Focus divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira, 19, com a taxa de crescimento em queda e maior depreciação do real.

O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA tanto este ano quanto para o ano que vem subiu 0,07 ponto percentual, chegando respectivamente a 4,92% para 2021 e 3,6% para 2022.

O centro da meta oficial para a inflação em 2021 é de 3,75% e para 2022 é de 3,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento este ano caiu a 3,04%, de 3,08% na semana anterior. Por outro lado a conta para 2022 subiu a 2,34%, de 2,33%.

A pesquisa com uma centena de economistas mostrou ainda que a previsão para o dólar ao final de 2021 subiu de R$ 5,37 para R$ 5,40 e para 2022, R$ 5,25 para R$ 5,26 em relação ao levantamento anterior.

Já o cenário para a taxa básica de juros não sofreu alterações, com a Selic calculada em 5,25% para este ano e 6,0% no próximo.