Fórum EXAME discute como o país pode avançar em infraestrutura

Evento reunirá lideranças do poder público e privado na busca de oportunidades e avanços da infraestrutura do Brasil

São Paulo – Lideranças do poder público e privado estarão reunidas hoje no Fórum EXAME Concessões e PPPs 2017 para discutir os desafios e as oportunidades que o Brasil tem hoje com as melhorias de infraestrutura e sistemas urbanos que tanto precisam ser feitas.

O encontro acontecerá das 9h às 18h no Hotel Blue Tree Premium Faria Lima, em São Paulo.

Promovido pela Revista EXAME em parceria com a consultoria especializada Hiria, o evento promoverá um amplo debate sobre as relações entre empresas públicas, privadas e concessões para a construção do futuro da infraestrutura do país.

Para tanto, formuladores das políticas públicas, investidores e financiadores terão contato direto com governadores, prefeitos e secretários que possuem uma consistente carteira de projetos de PPPs e Concessões no Brasil.

Um dos palestrantes será Paulo Rabello de Castro, presidente do BNDES, que falará sobre o papel do banco como gestor, executor e apoiador de processos de concessões, PPPs e privatizações.

O tema de Lucas Aragão, sócio da Arko Advice, será sobre o atual cenário político e o impacto sobre os projetos de PPPs e Concessões. Já Sergio Lazzarini, professor e pesquisador do Insper, falará da importância da ética e do compliance no novo modelo de relacionamento entre o poder público e o setor privado.

Casos de parcerias público privadas que deram certo em estados brasileiros também serão mostrados. Rodrigo Garcia, Secretário de Habitação de São Paulo, e Paulo Moreno Carvalho, Procurador Geral do Estado da Bahia, falarão sobre os estados que representam.

Haverá ainda a apresentação de Wilson Poit, Secretário de Desestatização da Cidade de São Paulo, sobre as iniciativas de PPPs da cidade de São Paulo.

Outros estudos de casos, materiais de referência e leitura prévias sobre o assunto também serão apresentados durante o fórum. Tudo para que a discussão contribua com o avanço do país por caminhos mais transparentes e lucrativos pela oferta de serviços públicos de qualidade.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.