• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Com final da Libertadores, peso uruguaio dispara nas casas de câmbio

Palmeiras e Flamengo se enfrentam na final da Copa Libertadores neste sábado, 27. Os milhares de brasileiros viajando ao Uruguai ampliaram a procura pela moeda do país, que sumiu das casas de câmbio
 (Estadão Conteúdo/CLEVER FELIX/LDG NEWS)
(Estadão Conteúdo/CLEVER FELIX/LDG NEWS)
Por Carolina RiveiraPublicado em 26/11/2021 19:13 | Última atualização em 29/11/2021 11:09Tempo de Leitura: 7 min de leitura

A final da Copa Libertadores a ser disputada entre Flamengo e Palmeiras fez a demanda pelo até então esquecido peso uruguaio disparar em uma série de casas de câmbio. A partida entre os dois clubes brasileiros acontece neste sábado, 27, em Montevidéu, no Uruguai.

Quer dar um upgrade no seu currículo? Confira os cursos com descontos na Black Friday da EXAME Academy

No Rio de Janeiro, levantamento da B&T Câmbio aponta que o preço do peso uruguaio vendido aos turistas (o chamado câmbio turismo) chegou a subir mais de 60% ao longo do mês de novembro. 

  • O levantamento constatou que a cotação da moeda uruguaia ficou entre 15 e 25 centavos de real aproximadamente, uma variação ampla. 
  • Já em São Paulo, apesar da presença do Palmeiras na final, o preço chegou a ser 65% inferior ao do Rio e também variou menos;
  • Um peso uruguaio variou entre 15 e 17 centavos em São Paulo, ainda segundo a B&T. 

A procura no Rio pelo peso uruguaio até mesmo superou a demanda pelo dólar americano em alguns momentos, afirma Túlio Portella, diretor comercial da B&T Câmbio. "Tivemos uma procura muito alta pela moeda agora", diz.

Só nas lojas Europa Câmbio, braço de varejo da B&T, a demanda pela moeda uruguaia cresceu 1.700% em novembro na comparação com outubro.

Na empresa de câmbio Cotação, que opera lojas físicas e vendas pela internet de moedas estrangeiras, a estimativa é que a procura pelo peso uruguaio tenha mais que dobrado nas duas semanas antecedendo a partida, diz o diretor Marcelo Melsohn.

Em São Paulo e Rio de Janeiro, a empresa registrou alta tanto na procura em suas lojas físicas quanto nas plataformas online e demais canais de venda.

Oferta baixa, preço alto

Alexandre Liuzzi, diretor de estratégia do site de câmbio Remessa Online, afirma que um evento esportivo não tem a capacidade de influenciar a cotação comercial de uma moeda. Mas que pode, sim, haver um impacto no câmbio turismo em certos locais devido à "elevação da demanda por moeda em espécie".

Assim, a alta no preço vista nas casas de câmbio é resultado direto dessa maior demanda, e não de um aumento na cotação em si.

No caso do valor para turismo, como o peso uruguaio não está entre as moedas mais procuradas no Brasil, as casas de câmbio e bancos não possuíam uma quantia muito alta da moeda em espécie para vender - e, pelas leis do mercado, se a oferta não acompanha a demanda, ocorre aumento de preço.

"Nos últimos meses, não tivemos uma grande entrada de estrangeiros provenientes do Uruguai, por exemplo. Não havia um estoque de moeda muito alto", explica Portella, da B&T. 

Os turistas são uma das principais fontes de entrada de pesos uruguaios no Brasil. "Então, esses custos vão então se escalando [com a demanda alta], desde o banco, que passa para a corretora, que passa para a casa de câmbio, e isso acaba refletindo no preço final para o cliente."

Peso mais barato em São Paulo

O impacto em São Paulo foi menos perceptível, em partes, porque há um mercado de casas de câmbio mais consolidado, dizem especialistas.

A menor presença da torcida do Palmeiras no Uruguai, segundo os números preliminares (veja abaixo), também pode explicar parte da movimentação.

Uma série de casas de câmbio na região central de São Paulo ainda possuía oferta de peso uruguaio para venda nesta sexta-feira, 26, mas as empresas afirmam que, de fato, houve aumento incomum na procura nas últimas semanas.

Na casa de câmbio Daycoval, unidade na avenida Paulista, a reportagem da EXAME foi informada de que o peso uruguaio em espécie acabou ainda na quarta-feira, 24, e que a demanda foi majoritariamente de torcedores indo à final da Libertadores.

Outras casas ainda tinham a moeda, mas em pequena quantidade. Na Casa de Câmbio Faria Lima - Moema Exchange, ainda havia cerca de 8.000 pesos (que poderiam ser comprados por pouco mais de 1.200 reais) na tarde de sexta-feira. A reportagem foi informada de que a final no futebol impactou a demanda, mas não a ponto de fazer o preço subir necessariamente no local.

Na unidade Conjunto Nacional da Confidence Câmbio, do grupo britânico Travelex, a reportagem foi informada de que restavam pequenos valores do peso uruguaio na sexta-feira, e que as vendas também dispararam ao longo do mês na unidade, igualmente direcionadas a torcedores.

Se incluída toda a região Sudeste, a Travelex informou por meio de sua assessoria de imprensa que houve aumento de 1.600% nas vendas da moeda.

“O aumento nas vendas causou desabastecimento por alguns dias, mas conseguimos restabelecer o estoque rapidamente, a tempo de os torcedores viajarem", disse André Gaspar, gerente executivo de varejo da Travelex Confidence, que tem mais de 100 lojas no Brasil.

As moedas mais usadas no Brasil

Apesar da procura maior, proprietários das casas de câmbio e especialistas no setor afirmaram que não era vantajoso encomendar um valor muito alto da moeda uruguaia, pois a demanda desaparecerá após a final.

Portella, da B&T, aponta que há especificidades regionais, como uma demanda mais constante por peso uruguaio e argentino em casas de câmbio no Sul do país e regiões de fronteira. Mas diz que, de modo geral, os brasileiros procuram pouco pela moeda do Uruguai.

Segundo ele, as moedas campeãs de procura são o dólar americano, o euro (usado na União Europeia), e a libra esterlina (usada no Reino Unido), além de moedas como dólar canadense e australiano.

As moedas sul-americanas são menos procuradas e, no caso da Argentina, com economia altamente dolarizada, muitos brasileiros também optam por levar dólares americanos ao país, o que pode ser mais vantajoso a depender dos valores.

E mesmo entre as moedas de países vizinhos, Portella afirma que o peso uruguaio costuma perder para o peso argentino e o peso chileno, embora fique à frente do sol peruano ou do peso mexicano em procura.

Ingressos vendidos

A expectativa é que mais de 20.000 brasileiros viajem para o Uruguai de modo a acompanhar a final da Libertadores.

Ao todo, a Conmebol disponibilizou mais de 40.000 ingressos para a partida, incluindo para convidados da organização e residentes no Uruguai.

Embora tenha dois times brasileiros, a final será disputada em partida única no estádio Centenário, na capital Montevidéu. O local havia sido decidido previamente em meio ao novo formato de final única da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). 

Para os brasileiros, estão à venda entre pouco mais de 9.000 e 11.000 ingressos para cada um dos dois setores destinados às torcidas de Flamengo e Palmeiras, atrás do gol e com valor de 200 dólares.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a torcida do Flamengo teve maior procura por ingressos e pode vir a ter o dobro de torcedores em comparação ao Palmeiras, o que também explica parte da maior demanda por pesos uruguaios no Rio.

Brasileiros estão ainda comprando ingressos no centro do estádio, que podem passar de 500 dólares. Os preços considerados altos estabelecidos pela Conmebol têm sido questionados por parte das torcidas.

BLACK FRIDAY: assine a EXAME Digital + EXAME Academy com oferta única no ano!

Onde assistir à final Libertadores: 

Palmeiras x Flamengo
Data: sábado, 27 de novembro
Horário:
17h
Local: estádio Centenário, Montevidéu, Uruguai
Onde assistir: a partida será transmitida pelo SBT (TV aberta) e pela Fox Sports (TV fechada) e, na internet, por Conmebol TV e Star+ (grupo Disney).

*A reportagem foi atualizada para incluir novo levantamento recebido da Travelex Confidence.