Italianos protestam contra medidas de austeridade

Sob a observação da polícia, alguns manifestantes usavam máscaras com o rosto do primeiro-ministro, Mario Monti

Milão – Centenas de pessoas, a maioria jovens, participaram neste sábado de uma manifestação em Roma durante o “Dia do Não a Monti”, convocada por sindicatos, partidos de esquerda e outros grupos de contrários as medidas de austeridade previstas para a Itália.

Sob a observação da polícia, alguns manifestantes usavam máscaras com o rosto do primeiro-ministro, Mario Monti, enquanto outros carregavam bandeiras vermelhas e bonecos do ex-premiê, Silvio Berlusconi, da chanceler alemã, Angela Merkel, e do presidente norte-americano, Barack Obama.

Houve pequenos confrontos entre manifestantes vestidos de preto e mascarados com a polícia. Um grupo de anarquistas arremessou bombas de fumaça, fogos e garrafas contra a polícia e bloqueou uma avenida. Lojas foram fechadas nas ruas em que os manifestantes passaram, mas apenas alguns incidentes foram reportados. As informações são da Dow Jones.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.