Governo pode comprar R$ 100 mi em passagens, diz presidente da Gol

A medida do Executivo seria tomada como forma de ajudar a companhia aérea a atravessar os efeitos da pandemia de coronavírus

O governo federal poderá comprar 100 milhões de reais em passagens aéreas da companhia aérea Gol, afirmou o presidente executivo da empresa, Paulo Kakinoff, nesta quarta-feira, como forma de ajudar o grupo a atravessar os efeitos da pandemia de coronavírus.

O executivo afirmou ainda, durante uma conferência online, que o BNDES poderá concluir os termos finais de um pacote de apoio financeiro avaliado em 2 bilhões de reais até a próxima semana.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.