Gastos de empresas comércio sustentarão crescimento dos EUA

Produto Interno Bruto do país provavelmente cresceu ao ritmo anual de 3,0 por cento de acordo com pesquisa

Washington - O forte ritmo de gastos empresariais provavelmente impulsionou o crescimento econômico dos Estados Unidos no terceiro trimestre, sinal de que empresários têm confiança na sustentabilidade da recuperação.

O Produto Interno Bruto (PIB) do país provavelmente cresceu ao ritmo anual de 3,0 por cento de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas, com os setores imobiliário, de comércio, público e de consumo também dando sustentação.

Embora isso represente forte desaceleração ante os 4,6 por cento do segundo trimestre, esse seria o quarto trimestre em cinco que a economia expande ao ritmo de 3 por cento ou mais.

"Foi um trimestre muito bom para o investimento empresarial", disse o economista sênior da Moody’s Analytics, Ryan Sweet.

As empresas, com fundos de cerca de 2 trilhões de dólares, têm mostrado lentidão em aumentar os gastos. Mas uma mudança está no ar.

Com a capacidade industrial não utilizada se aproximando de níveis pré-recessão, o relatório do PIB deve mostrar um segundo trimestre seguido de crescimento de dois dígitos nos gastos em equipamentos e alta no investimento em estruturas.

Embora dados na terça-feira tenham sugerido alguma moderação no ritmo de investimento em equipamentos no quarto trimestre, a expectativa ainda é de que permaneça forte o suficiente para manter a economia em ritmo de crescimento mais alto.

Uma das poucas áreas que deve pesar sobre o PIB é a de estoques. Um aumento dos estoques havia acrescentado 1,42 ponto percentual ao crescimento no segundo trimestre.

O Departamento do Comércio vai divulgar sua primeira estimativa do PIB do terceiro trimestre às 10h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.