• AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
  • AALR3 R$ 20,15 -0.74
  • AAPL34 R$ 67,35 -0.01
  • ABCB4 R$ 16,54 -0.66
  • ABEV3 R$ 14,00 -0.92
  • AERI3 R$ 3,57 -1.11
  • AESB3 R$ 10,86 2.26
  • AGRO3 R$ 30,93 -0.58
  • ALPA4 R$ 21,43 2.88
  • ALSO3 R$ 19,02 0.05
  • ALUP11 R$ 27,10 -0.77
  • AMAR3 R$ 2,52 5.00
  • AMBP3 R$ 31,00 2.31
  • AMER3 R$ 21,89 -4.33
  • AMZO34 R$ 65,21 2.26
  • ANIM3 R$ 5,47 2.05
  • ARZZ3 R$ 79,20 -0.75
  • ASAI3 R$ 15,65 -1.57
  • AZUL4 R$ 20,07 -3.00
  • B3SA3 R$ 11,89 -1.08
  • BBAS3 R$ 37,43 -0.98
Abra sua conta no BTG

Correios e Telebras são incluídos em estudos de parceria com setor privado

Os atos também criam um comitê interministerial, para cada uma das empresas, para acompanhar e opinar sobre os estudos
PPI: Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI) é o primeiro estágio para privatização (Agência Brasil/Marcello Casal Jr)
PPI: Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI) é o primeiro estágio para privatização (Agência Brasil/Marcello Casal Jr)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 16/10/2019 11:41 | Última atualização em 16/10/2019 17:56Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Brasília — O governo federal incluiu os Correios e a Telebras no Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI) "para possibilitar a realização de estudos e a avaliação de alternativas de parceria com a iniciativa privada e propor ganhos de eficiência e resultados para as empresas, com vistas a garantir sua sustentabilidade econômico-financeira".

A decisão consta de decretos presidenciais publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 16. Os atos também criam um comitê interministerial, para cada uma das empresas, para acompanhar e opinar sobre os estudos.

Os grupos serão formados pelos ministérios da Economia, Casa Civil e Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e poderá convidar integrantes do BNDES e das empresas para participar das discussões.

O prazo para conclusão dos trabalhos de cada um dos comitês interministeriais será de 180 dias, contado da contratação dos estudos, prorrogável por igual Período.