Confiança do consumidor alemão tem máxima em 6 anos e meio

Indicador futuro de confiança do consumidor, com base em pesquisa junto a cerca de 2 mil pessoas, subiu para 7,6 para janeiro

Berlim - A confiança do consumidor alemão para janeiro atingiu o nível mais alto em quase seis anos e meio, uma vez que consumidores confiantes de que a maior economia da Europa está em tendência de alta tornaram-se mais dispostos a gastar do que em qualquer momento desde dezembro de 2006.

O grupo de pesquisa de mercado GfK informou nesta sexta-feira que seu indicador futuro de confiança do consumidor, com base em pesquisa junto a cerca de 2 mil pessoas, subiu para 7,6 para janeiro, ante 7,4 no mês anterior, superando as expectativas de estabilidade mostradas em pesquisa da Reuters.

"O sentimento entre os consumidores na Alemanha está de novo muito bom à medida que 2013 chega ao fim", disse o GfK em comunicado.

"Os consumidores acreditam que a economia alemã está cada vez mais ganhando ritmo", completou, acrescentando que os consumidores estão mais otimistas sobre as perspectivas da economia do que em qualquer momento desde julho de 2011.

A economia alemã desacelerou no ano passado e a expectativa é de que tenha performance ainda pior neste ano, com o governo estimando crescimento de apenas 0,5 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.