Conab prevê queda na safra de cana do centro-sul em 2017/18

Recuo foi atribuído a uma menor área colhida (-2,8 por cento) que supera os ganhos com produtividade na região (+0,4 por cento)

São Paulo – O centro-sul do Brasil deverá colher uma safra de cana de 598,04 milhões de toneladas na nova safra 2017/18, que está começando a ser colhida, em queda ante o recorde de 612,48 milhões de toneladas de 2016/17, estimou nesta terça-feira a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O recuo foi atribuído a uma menor área colhida (-2,8 por cento) que supera os ganhos com produtividade na região (+0,4 por cento), disse a Conab.

O relatório citou “grande número de empresas em recuperação judicial, adicionalmente afetadas pelas oscilações observadas nas cotações do açúcar, baixa competitividade dos preços internos do etanol, além dos períodos climáticos adversos, observados nas safras anteriores” no centro-sul do país, região que responde por mais de 90 por cento da produção nacional.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.