China revisa para cima tamanho da economia de 2015 em 1,3%

A decisão ajudará a deixar os cálculos chineses para o valor de seus bens e serviço mais alinhados com os padrões globais instituídos pela ONU

Pequim - A China revisou para cima o tamanho da segunda maior economia do mundo acrescentando os gastos com pesquisa e desenvolvimento nos cálculos para o Produto Interno Bruto (PIB), disse a agência de estatísticas nesta terça-feira.

A decisão ajudará a deixar os cálculos chineses para o valor de seus bens e serviço mais alinhados com os padrões globais instituídos pela Organização das Nações Unidas e outras entidades internacionais, em meio ao ceticismo disseminado entre os investidores sobre a exatidão dos dados oficiais do país.

O novo método aumentou o valor do PIB, mas afetou apenas levemente as taxas de crescimento anual, disse em seu site a Agência Nacional de Estatística.

O crescimento de 2015 melhorou marginalmente, mas continuou basicamente em 6,9 por cento, o mais fraco em um quarto de século.

O valor do PIB de 2015 foi revisado para cima em 1,3 por cento, para 68,55 trilhões de iuanes (10,3 trilhões de dólares), ante os 67,67 trilhões de iuanes anunciados previamente, disse a agência.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.