Casa precisa ser arrumada para evitar dólar alto, diz Levy

O ministro da Fazenda disse que se a "casa" não for arrumada o país poderá enfrentar problemas

Brasília - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta terça-feira que se a "casa" não for arrumada o país poderá enfrentar problemas, citando a disparada do dólar, ao fazer referência ao desequilíbrio das contas públicas e o envio ao Congresso de uma proposta orçamentária de 2016 com déficit.

"Evidente que se a casa não estiver em ordem é impossível crescer, é impossível ter confiança e a gente vai ver o dólar disparar", disse Levy em audiência na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara Federal.

Ele afirmou ainda que a atual situação fiscal representa um desafio para o Congresso e um sacrifício para o governo.

Texto atualizado às 20h58

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.