Brent recua com dados fracos do setor industrial da China

Os números ajudaram a derrubar os preços do petróleo depois de três dias de ganhos significativos

Londres - Os preços do petróleo recuavam forte nesta terça-feira depois que dados oficiais mostraram que o setor industrial da China, um dos principais motores da economia do país, contraiu-se no ritmo mais acelerado dos últimos três anos.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) caiu para 49,7 em agosto, ante 50 no mês anterior, em linha com expectativas de analistas consultados pela Reuters.

Os números ajudaram a derrubar os preços do petróleo depois de três dias de ganhos significativos. Investidores também realizavam lucros após o Brent e o petróleo norte-americano dispararem 8 por cento na segunda-feira, segundo operadores.

"Trata-se principalmente do fator de medo com a China", disse o analista Carsten Fritsch, do Commerzbank, em Frankfurt.

O petróleo Brent recuava 4,1 por cento, ou 2,23 dólares, para 51,92 dólares por barril às 9:46 (horário de Brasília), enquanto petróleo nos EUA caíra mais de 4 por cento, ou 2 dólares, para 47,19 dólares por barril.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.