Brasil continua líder mundial em juros reais

Mesmo com a manutenção da Selic em 11%, Brasil segue em primeiro lugar no ranking mundial de juros reais (juros nominais menos inflação)
 (Marcos Santos/USP Imagens)
(Marcos Santos/USP Imagens)
J
João Pedro CaleiroPublicado em 16/07/2014 às 20:16.

São Paulo - Pela segunda vez consecutiva, o Comitê de Política Monetária do Banco Central decidiu não mexer na Selic.

A taxa básica de juros da economia, que chegou a atingir 7,25% em março do ano passado, continua em 11%.

A manutenção, no entanto, é insuficiente para tirar o Brasil do primeiro lugar no ranking dos maiores pagadores de juros reais do mundo.

De acordo com um levantamento feito todos os meses pelo site MoneYou com 40 países, os juros reais do Brasil estão em 4,21%. O segundo lugar fica com a China, com 3,41%.

No final da lista aparecem Argentina e Venezuela, com juros de -14,70 % e -28,16%, respectivamente.

A conta é feita subtraindo a taxa de inflação dos últimos 12 meses da taxa de juros nominal.

Veja o ranking com os 40 países:

  País Juros reais
1 Brasil 4,21%
2 China 3,41%
3 India 2,27%
4 Rússia 1,51%
5 Hungria 1,39%
6 Indonesia 1,22%
7 Polônia 1,08%
8 Colombia 1,07%
9 Taiwan 0,87%
10 Turquia 0,79%
11 Grécia 0,55%
12 Bélgica 0,30%
13 Coréia do Sul 0,20%
14 Suécia 0,15%
15 Filipinas 0,10%
16 Malásia 0,05%
17 Suiça -0,10%
18 Chile -0,14%
19 Espanha -0,15%
20 Australia -0,29%
21 Portugal -0,45%
22 Itália -0,55%
23 Holanda -0,64%
24 Canada -0,69%
25 Israel -0,74%
26 Dinamarca -0,79%
27 República Tcheca -0,84%
28 Mexico -0,87%
29 França -0,94%
30 Alemanha -1,04%
31 Reino Unido -1,18%
32 Austria -1,33%
33 Estados Unidos -1,52%
34 Tailândia -1,92%
35 Japão -2,06%
36 Cingapura -2,42%
37 Hong Kong -2,99%
38 África do Sul -5,61%
39 Argentina -14,70%
40 Venezuela -28,16%