Economia
Acompanhe:

BNDES muda financiamentos para estimular debêntures

As mudanças, anunciadas em coletiva de imprensa com a Anbima, buscam incentivar a emissão de debêntures corporativas


	Participação do BNDES no crédito para projetos de grandes empresas deve cair em mais da metade
 (Vanderlei Almeida/AFP)

Participação do BNDES no crédito para projetos de grandes empresas deve cair em mais da metade (Vanderlei Almeida/AFP)

D
Da Redação

5 de junho de 2015, 13h29

São Paulo - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou nesta sexta-feira mudanças na política de concessão de financiamento, definindo que empresas com receita bruta anual acima de 1 bilhão de reais e que tomarem a partir de 200 milhões de reais precisarão a partir de agora emitir debêntures.

As mudanças, anunciadas em coletiva de imprensa com a Anbima, buscam incentivar a emissão de debêntures corporativas.

Segundo o diretor do BNDES Julio Raimundo, a participação do BNDES no crédito para projetos de grandes empresas deve cair em mais da metade.