BC e feriado nos EUA: dia magro para o mercado

Depois de anunciada a volta da participação do Banco Central no mercado de câmbio, ontem, o mercado financeiro brasileiro terá uma quinta-feira magra: é feriado nacional nos Estados Unidos (pelo dia da independência) e o recesso dos mercados americanos tem efeito direto no Brasil. O Banco Central foi aliviou o dia de ontem. Anunciou que […]
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
D
Da RedaçãoPublicado em 09/10/2008 às 10:47.

Depois de anunciada a volta da participação do Banco Central no mercado de câmbio, ontem, o mercado financeiro brasileiro terá uma quinta-feira magra: é feriado nacional nos Estados Unidos (pelo dia da independência) e o recesso dos mercados americanos tem efeito direto no Brasil.

O Banco Central foi aliviou o dia de ontem. Anunciou que voltará a intervir diariamente no mercado de câmbio, ou vendendo dólar a vista, ou realizando leilões de linha externa. Com isso, a moeda americana fechou em baixa de 1%, cotado a 2,86 reais. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que deverá ser a mais afetada pelo baixo volume de negócios de hoje, encerrou a quarta-feira em queda de 1.93%.

Estão previstos para hoje alguns fundamentos: a Fundação Instituto de Pesquisa (Fipe) divulgou agora de manhã o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do mês de junho. A taxa ficou em 0,31%, acima da expectativa do mercado.

Também será divulgado o Índice de Custo de Vida (ICV), do Dieese, de junho. E, por fim, a Anfavea mostra os números da produção e venda de automóveis do mês passado.

Veja Também