Economia

Anvisa põe em consulta pública normas de remédios específicos

As normas também valem para o uso do Ômega 3 e da própolis como ingredientes de medicamentos

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h42.

São Paulo - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) colocou em consulta pública proposta com normas para o registro de remédios específicos e também para o uso dos ácidos graxos Ômega 3 e da própolis como ingredientes de medicamentos.

Na proposta, a Vigilância Sanitária estipula regras de segurança, padrão de qualidade e comprovação de eficácia para que esses remédios possam ser vendidos ao cidadão. O Ômega 3 é encontrado em castanhas, peixes e óleos vegetais. Os ácidos ajudam a reduzir os níveis de triglicerídeos e colesterol ruim.

A própolis é uma espécie de cera que as abelhas extraem das árvores e usam para cobrir a entrada das colmeias. Os medicamentos específicos são indicados para reidratação e nutrição parenteral, além de antiácidos e protetores do fígado. A proposta pode ser consultada na página da Anvisa na internet. As sugestões também devem ser encaminhadas para a sede da agência, em Brasília.

 

Acompanhe tudo sobre:AnvisaFarmáciasFiscalizaçãoSaúde no BrasilSetor farmacêutico

Mais de Economia

Haddad anuncia corte de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir arcabouço e meta fiscal

Fazenda mantém projeção do PIB de 2024 em 2,5%; expectativa para inflação sobe para 3,9%

Revisão de gastos não comprometerá programas sociais, garante Tebet

Mais na Exame