Acordo EUA-UE sobre comércio é mais abrangente do que esperado, diz fonte

Segundo acordo, Estados Unidos e União Europeia trabalharão juntos para lidar com os abusos de mercado da China

Washington – O governo dos Estados Unidos conseguiu tirar mais do que esperava de um acordo comercial com a União Europeia e ambos trabalharão juntos para lidar com os abusos de mercado da China, disse uma autoridade do alto escalão da Casa Branca à Reuters nesta quinta-feira.

O presidente Donald Trump e Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, o órgão Executivo da UE, fecharam um acordo surpresa na quarta-feira que coloca fim ao risco de uma guerra comercial imediata entre as duas potências.

“A UE entrou na conversa e estava aberta a propostas que havíamos feito sobre se livrar de tarifas, barreiras não-tarifárias e subsídios”, disse a autoridade, que falou em condição de anonimato.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.