Casual
Acompanhe:

Tatjana Patitz, uma das 'supermodels originais', morre aos 56 anos

Tatjana era "a mais tranquila e, talvez, mais intensa das 'supermodels originais'", escreveu a Vogue em sua publicação

A modelo Tatjana Patitz (ao centro) acompanhada por Karena Alexander e Milla Jovovich. (AFP/AFP)

A modelo Tatjana Patitz (ao centro) acompanhada por Karena Alexander e Milla Jovovich. (AFP/AFP)

A
AFP

12 de janeiro de 2023, 10h33

A modelo alemã Tatjana Patitz, famosa por fazer parte do grupo das "supermodels originais" dos anos 1980 e 1990, morreu ontem (11), aos 56 anos, informou sua agência, confirmando uma informação divulgada pela revista "Vogue".

"Tatjana morreu na manhã de hoje, na Califórnia", onde morava, escreveu em e-mail enviado à AFP Corinne Nicolas, fundadora e chefe da agência de modelos The Model CoOp, situada em Nova York, sem revelar as circunstâncias da morte.

O renomado fotógrafo de moda alemão Peter Lindbergh, morto em 2019, sempre foi o favorito de Tatjana e fazia registros dela desde a década de 1980.

A fundação de Lindbergh expressou "profunda tristeza pelo falecimento de Tatjana Patitz, amiga de Peter há bastante tempo".

Nascida na Alemanha, criada na Suécia e radicada na Califórnia, Tatjana "sempre foi o símbolo chique europeu, como a mistura de Romy Schneider e Monica Vitti", declarou em sua própria revista Anna Wintour, editora-chefe da Vogue.

A modelo fez parte do grupo de elite das "supermodels originais" das décadas de 1980 e 1990, ao lado de Estelle Lefébure, Karen Alexander, Rachel Williams, Linda Evangelista e Christy Turlington.

As seis modelos aparecem na famosa foto feita por Peter Lindbergh para a Vogue em uma praia em 1988, "White Shirts: Six Supermodels, Malibu". ("Camisetas brancas: seis supermodelos, Malibu", em tradução livre).

Tatjana Patitz, Christy Turlington, Linda Evangelista, Naomi Campbell e Cindy Crawford também aparecem no famoso clipe de "Freedom! '90", do músico britânico George Michael, que morreu em 2016.

Tatjana era "a mais tranquila e, talvez, mais intensa das 'supermodels originais'", escreveu a Vogue em sua publicação, ecoando uma declaração da própria modelo em uma entrevista de 2020: "Nunca vendi minha alma."

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.