Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Site para traição Ohhtel ganha versão verde-amarela

Ohhtel.com.br é a mais nova alternativa de serviço para quem quer encontrar amantes de maneira discreta e sem arriscar o casamento

Modo escuro

Ohhtel pretende ser uma opção para quem quer ter um relacionamento extraconjugal sem o risco de ser pego em flagrante (Reprodução)

Ohhtel pretende ser uma opção para quem quer ter um relacionamento extraconjugal sem o risco de ser pego em flagrante (Reprodução)

L
Luciana Carvalho

Publicado em 11 de setembro de 2011 às, 09h19.

São Paulo - Trair não é tarefa fácil. Principalmente em tempos de redes sociais, que podem servir de ferramenta de controle para os parceiros mais desconfiados. É aí que entra o Ohhtel, site especializado em encontrar amantes de forma discreta, que lançou uma versão brasileira, na última segunda-feira (12/07).

Este já é o segundo site voltado para traição a ser inaugurado no país. Desde maio deste ano, o serviço holandês Second Love está disponível para brasileiros. O bem-sucedido site Ashley Madison, também dos Estados Unidos, deve lançar sua versão tupiniquim em agosto.

O Ohhtel, baseado nos Estados Unidos, defende que o site é uma opção para as pessoas casadas que já não tenham vida sexual ativa com o parceiro e não estejam dispostas a se divorciar.

É para garantir essa “estabilidade” no relacionamento dos adúlteros que a empresa promete total discrição sobre os dados do usuário. Só quem concorda com as condições do site tem acesso a ele, ninguém pode ver as informações pessoais dos cadastrados e não é necessário sequer o nome para se inscrever.

Para criar um perfil, basta dizer a idade e o sexo. A empresa ainda aconselha o usuário a criar um e-mail específico para o serviço e incentiva o uso de apelidos. A foto pode ser postada de forma privada, para que só pessoas autorizadas a vejam, o nome do site não aparece na fatura do cartão de crédito e ainda há opção para pagamento em dinheiro.

O cadastro é gratuito para as mulheres. Já os homens precisam pagar uma taxa inicial de 60 reais para fazer parte do clube.

Toda essa privacidade é garantida pela empresa apenas dentro do meio virtual. Se os usuários quiserem colocar em prática a traição, os encontros clandestinos são por sua conta e risco.

Últimas Notícias

ver mais
Do Sul ao Nordeste: conheça os 5 maiores teatros do Brasil
Casual

Do Sul ao Nordeste: conheça os 5 maiores teatros do Brasil

Há 7 horas
Chefs na palma das mãos: aplicativo apresenta passo a passo de receitas de cozinheiros renomados
Casual

Chefs na palma das mãos: aplicativo apresenta passo a passo de receitas de cozinheiros renomados

Há 10 horas
Conheça os 50 melhores hotéis do mundo (tem brasileiro na lista)
Casual

Conheça os 50 melhores hotéis do mundo (tem brasileiro na lista)

Há 11 horas
Com vista para Ipanema, Fasano abrirá rooftop para não-hóspedes por apenas 4 noites
Casual

Com vista para Ipanema, Fasano abrirá rooftop para não-hóspedes por apenas 4 noites

Há 18 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais