Casual

Marcas de moda nacional rifam peças por R$ 50 para o RS; saiba como participar

Foram angariadas mais de 200 peças, somando um valor que ultrapassa R$ 200 mil em produtos de moda brasileira

Misci é uma das marcas participantes da rifa. (Mattheus Matta/Divulgação)

Misci é uma das marcas participantes da rifa. (Mattheus Matta/Divulgação)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 16 de maio de 2024 às 08h39.

As chuvas que inundaram o Rio Grande do Sul já deixaram mais de meio milhão de pessoas desalojadas. Em meio a inúmeras iniciativas de solidariedade para levar ajuda ao estado (saiba como ajudar), mais de 140 marcas nacionais e estilistas formaram um coletivo solidário.

Reunindo dezenas de itens-desejo de todas as marcas participantes, foi criada uma rifa online relâmpago, com prêmios de até R$ 9.300. A expectativa é gerar R$ 500 mil em renda, que será revertida diretamente a quem está na linha de frente da tragédia no Sul.

O dinheiro arrecadado será compartilhado com quatro frentes, através de ONGs ou pessoas diretamente envolvidas: alimentação e itens básicos, assistência a comunidades indígenas e quilombolas, proteção da mulher, criança e adolescente e infraestrutura de abrigos LGBTQIAPN+.

Foram angariadas mais de 200 peças, somando um valor que ultrapassa R$ 200 mil em produtos de moda brasileira. Esforço iniciado por Bruno Cardoso, joalheiro da usejoias, logo somado por Rafael Nascimento, da Another Place, e Natalia Hohagen, do marketplace Roupartilhar.

“É uma ação que inspira coletividade e essa é a palavra mais importante do momento. Venho recebendo diversos vídeos, fotos e relatos de amigos meus que estão lá, em situações inimagináveis, e isso estava acabando comigo há dias. Agora, sinto que daqui, estou conseguindo ajudar muito mais do que se estivesse lá”, diz. A ideia do coletivo é que este seja um movimento contínuo, não só para atuar na primeira fase da calamidade, mas também dando suporte aos movimentos de reconstrução que serão necessários na sequência.

Foram disponibilizados 10 mil números por R$ 50, que podem ser adquiridos por meio do site amaiorrifadobrasil.com.

“Estamos felizes demais com todo apoio que estamos recebendo, ainda não conseguimos acreditar que mais de mil bilhetes foram vendidos nas primeiras 4 horas. Tenho certeza que vamos fazer a diferença.” dizem os organizadores.

Toda a arrecadação e sorteio será feito em uma plataforma aprovada pela Caixa Econômica Federal, com prestação de contas e 100% de transparência pela organização do coletivo no processo da rifa.

Em uma segunda fase, a ser anunciada, peças especiais doadas para o movimento serão levadas a um leilão beneficente em parceria com a Roupartilhar, marketplace especialista no assunto.

Marcas participantes

Dentre as marcas participantes estão A Clandestina, Açude, Ada Love, Aimo, Akemi, Alexandre Pavão, Aluf, A Mafalda Sapatos, Aludra Brand, Amel, Anacê, Another Place, Antônio Objetos, Ão, Apricus, Ammi Brazil, Aragäna, Ares, ARGI Clothing, Astele, Ateliê Boldo, Befemeha, Betina de Luca, Botti, Bravio Estudios, Brechó Find, Cajá, Carlos Penna, Candy Brown, Carnan, Cases Papaya, Cavalera, Chaouiche, C e Ci Acessórios, Cie, Circa-Nos, CLASS, Collo, Cosmo Rio, Calê, Coven, Cozie Tricot, Crayons, Damaria, DAS, Demgo, Diabartt, E'dore, Eduardo Caires, Elisa Parpinelli, Erente, GIG Couture, GINGIN, Studio EPCA, Eve Project, FABRO, Fauve Brand, Fluida Acessórios, Forca, Foz, Francesca, Gansho, IKI Beads, Isaac Silva, Le Blog, LED, Le Tolentino, Haydee Joalheria, Gingin, Guilherme Valente, Handred, Haye, Hel for Witches, Heloisa Faria, Helô Rocha, Herchcovitch; Alexandre, ID bags, Jalaconda, Jambu Estúdio, Lapô, Lo de lui, Lucas Leão, Luiza Maraschin, Mad Enlatados, Madnomad, Maison Jump, MES, Maldito Paris, Maria Tangerina, Marina Bitu, Martins, Mayara Junges, Microdoses, Misci, Nume, Mnsis, Myfots, Nadruz, Nana Dudu, Nart Studio, Neriage, NUDO, Normando, OL.GA, Novo Louvre, Nuø, Också, Opus Ateliê, Pace, Paeteh, Papelaria, Patu, Pége, Priscila França, Raquel de Carvalho, Paola Vilas, Patricia Viera, Picles, Piesse, Plano Piloto, Projeto Mottainai, Reptilia, Room, POES, Roupartilhar, Ryzí, Saad, Sau, Santa Maria, Say Ur, Selo, Sinaptica, Sewe, Silene Iole, Singa, Strobo, Struktura, Tjurs, TMLT, Toca, Tomtom, Trash Jewelry, usejoias, VIHE, Vehr, Virginia Cavalheiro, Ventana, Waiwai Rio, Welcome Sunny Garments, Working Title, WTNB

Acompanhe tudo sobre:ModaRio Grande do Sul

Mais de Casual

Mercado de luxo desacelera e lucros da Burberry desabam 40% em um ano

Jeddah Tower: conheça o prédio que será o maior do mundo, na Arábia Saudita

Arquitetos indicam iniciativas para reconstrução de casas no RS

Chefs revelam quais pratos e receitas marcaram suas vidas

Mais na Exame