Isaquias Queiroz garante ouro no Pan-Americano de Canoagem no Canadá

Vice-campeão mundial no último fim de semana, o baiano hoje arrematou o ouro na mesma prova: C1 1000m. O Brasil brilhou também com Luís Carlos Cardoso, que faturou o título do KL 1 200m
Isaquias Queiroz: Na disputa de hoje do C1 1000m, Isaquias completou a prova em 4min06s06 (© Reprodução Twitter/ Canoagem Brasileira/Reprodução)
Isaquias Queiroz: Na disputa de hoje do C1 1000m, Isaquias completou a prova em 4min06s06 (© Reprodução Twitter/ Canoagem Brasileira/Reprodução)
A
Agência BrasilPublicado em 11/08/2022 às 19:40.

Quatro dias após ser vice-campeão mundial no C1 1000 metros em Halifax (Canadá), o canoísta baiano Isaquias Queiroz conquistou o ouro nesta quinta-feira, 11, na mesma prova, só que no Pan-Americano da modalidade que ocorre até esta sexta, 12, também em Halifax. O Brasil também brilhou na disputa continental da Paracanoagem: Luís Carlos Cardoo, vice-campeão mundial semana passada, faturou o título do KL 1 200m.

“Não estava tão preparado quanto para o Mundial, mas eu não competia um Pan-Americano desde 2014, então ganhar mais um título é bom para o currículo. Agora é curtir um pouco mais: no Mundial estava mais tenso, mais sério, mais concentrado. Agora é desfrutar um pouco mais o campeonato – comemorou o brasileiro que volta a competir nesta sexta (12), na prova do C1 500m.

Na disputa de hoje do C1 1000m, Isaquias completou a prova em 4min06s06, mais de três segundos à frente do segundo colocado o cubano Serguey Torres (4min09s07) e do canadense Connor Fitzpatrick (4min13s20), que ficou com o bronze.

No Pan de Paracanoagem, quem também teve muito o que comemorar hoje foi Igor Tofalini e Fernando Rufino, que repetiram a dobradinha ouro e prata no VL2M 200m, assim como já haviam feito semana passada no Mundial. Tofalini cruzou a linha de chegada em 52s5, seguido por Rufino (53s4). O bronze ficou com o canadense Mathieu Saint-Pierrre (56s2).

A segunda prata do dia na disputa continental de paracanoagem ficou Débora Raiza Ribeiro, segunda colocada na prova VL2W 200m, com o tempo de 1min07s0. O ouro ficou com a canadense Brianna Hennessy (1min04s5) e o bronze com a chilena Jocelyn Muñoz (1min54s4). Também teve bronze nesta quinta (11), com Adriana Azevedo, na prova KL1 200m: ela finalizou a disputa em 1min00s9, atrás de Brianna Henessy (55.1) que levou a prata, e da de medalista de ouro, a chilena Katherine Wolermann (54s5).

Programação: Sexta-feira, 11

Canoagem Velocidade

C1 500m com Isaquias Queiroz

  • 09h30 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
  • 11h45 – (Semifinal)* 1-4 para a final / resto fora
  • 13h45 – (Final)
  • K1 500m com Vagner Souta
  • 09h45 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
  • 11h50 – (Semifinal)* 1-4 para a final / resto Final B
  • 13h50 – (Final B)* Não vale pódio
  • 13h55 – (Final A)
  • C1 500m com Valdenice Conceição
  • 09h50 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
  • 11h55 – (Semifinal)* 1-4 para a final
  • 14h00 – (Final)
  • K1 1000m com Ana Paula Vergutz
  • 10h10 – (Eliminatória)* 1-2º lugar direto para final / 3-6 para a semifinal
  • 12h15 – (Semifinal)* 1-4 para a final / resto fora
  • 14h20 – (Final A)

LEIA TAMBÉM: 

Conheça o luxuoso (e restrito) resort nas Maldivas que tem até ilha particular