Hostels caem no gosto dos turistas brasileiros

Modelo de hospedagem atrai por preços muitas vezes bem mais baratos que um quarto de hotel

São Paulo – Embora muitas vezes com menos conforto e regalias que um quarto de hotel, os hostels têm chamado cada vez mais a atenção dos hóspedes brasileiros e se tornado preferência para muitos viajantes.

O preço das diárias é sem dúvida um fator determinante para a escolha desse tipo de hospedagem, mas a própria experiência e a chance de conhecer e interagir com novas pessoas, uma vez que o quarto é na maioria das vezes compartilhado, são fatores que também atraem os turistas, segundo pesquisa da Euromonitor International.

A Submarino Viagens, agência de turismo online, viu nos últimos 12 meses a procura por hostel saltar entre seus viajantes. A reserva de diárias nesse tipo de hospedagem cresceu 590% no primeiro trimestre de 2018 na comparação com o mesmo período do ano passado.

Atualmente, os holtels representam 18% da receita com vendas de diárias do site. De acordo com a Submarino Viagens, embora sejam mais populares no exterior, muitos viajantes têm buscado por esse tipo de hospedagem também dentro do país.

O Rio de Janeiro, por exemplo, é a cidade que mais aloja turistas nesse modelo de hospedagem. O Rio também é uma das cidades com as diárias mais caras do Brasil e isso explica muito a preferência por hostels na região

Natal, no Rio Grande do Norte e a capital São Paulo aparecem também como cidades onde a procura por hostels vem crescendo entre os turistas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também