De noivas ao casual, Lethicia Bronstein expande a moda para três marcas

Em um ano em que casamentos, festas e qualquer tipo de celebração em grupos foram cancelados, a estilista de noivas voltou para outras frentes da moda, o casual

Vestindo noivas para a vida real e para as novelas, celebridades como Ticiane Pinheiro, Gabriela Pugliesi e Camila Queiroz em suas cerimônias de casamento, até a cantora Jennifer Lopez em sua passagem pelo Brasil em 2014 para a Copa do Mundo, a estilista Lethicia Bronstein, conhecida por seu trabalho com vestidos de festa tornou do limão azedo da pandemia, uma limonada. Do ateliê, expandiu sua marca para dois novos negócios: Pietra e Le Bronstein. O primeiro batizado em homenagem à filha, voltado para moda mais confortável, com vestidos para o dia a dia, e o segundo, uma moda mais casual, de jeans a camisas e blazers.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

Em conversa a Casual, a estilista carioca conta sobre os novos negócios da marca, como o lançamento do e-commerce no ano passado, as novas marcas, as tendências de moda festa e noivas durante a pandemia, assim como suas previsões de estilo para um futuro com festas.

Ano passado foi uma virada na marca, com a entrada de fato no e-commerce. Como foi o lançamento?

Eu sempre estive no meio digital. Já tive blog de casamento, tenho mais de 500 mil seguidores no Instagram. Eu ensaiava há muito tempo lançar o e-commerce, já tinha feito vendas online para vestidos de festas de fim de ano, de novembro a dezembro. Mas quando falamos sobre os vestidos sob medida, é complicado vender online. Em fevereiro do ano passado, estava com a coleção de peças casuais pronta em casa, e pensei, a hora é agora. Conseguimos lançar uma semana antes do Dia das Mães, e teve uma aceitação muito bacana.

No ano passado você também lançou a marca Pietra. Já era um desejo seu de alguns anos, ou o homewear foi inspirado pela pandemia? 

A Pietra, nasceu um mês após o lançamento do site. São coleções cápsulas, de 10 a 12 modelos, com grades maiores do que as outras marcas. É uma moda mais experimental, sempre tive esse desejo de vender o que eu gosto de usar no dia a dia, nos finais de semana e em viagens. Contamos com uma coleção de plush, vestidos mais amplos, roupas práticas e confortáveis. Foi um mix inspirado pela pandemia e pelo meu lifestyle. Senti que essas peças seriam muita informação para a marca Lethicia, então decidi lançar a Pietra.

2020 foi um ano com bastante novidades para você, com todos estes lançamentos, ainda houve uma linha de camisas. Como surgiu a moda casual para a marca?

Sempre tive muita vontade de fazer camisas. Trabalhei na Le Lis Blanc antes de ter o meu ateliê, e lá me especializei em camisas. Acho a peça uma das mais democráticas, pois uma camisa bem feita veste bem qualquer tipo de corpo. Somado a isso, sempre senti falta de camisas com cara de alfaiataria, com colarinho estruturado e queria trazer o produto para as clientes.

Lethicia, falando sobre moda de festa, acredito que as noivas não deixaram de te procurar em 2020. 

Sim. Eu tinha noivas contratadas até novembro do ano passado, mesmo com a pandemia, ainda recebi noivas para fechar contrato em abril, e vesti quatro noivas do final de outubro a meados de novembro. Como madrinhas e convidadas não tem a mesma antecedência de confecção que os vestidos das noivas, acabei perdendo este público. 

Como está a tendência de casamentos na pandemia?

Eu sou uma pessoa rápida para soluções. Em janeiro deste ano, percebi que as noivas que tinham os casamentos marcados para o primeiro e segundo trimestre do ano, teriam que adiar as festas novamente. Os casais, contudo, estão se casando no civil e fazendo um almoço apenas para os familiares mais próximos. Então, decidi lançar a linha White Laces Mini Wedding, voltado a estas celebrações mais intimistas, que além dos vestidos, contam com véus, mantilhas e robes também. 

Detalhe do vestido Camila, da coleção Mini Wedding.

Detalhe do vestido Camila, da coleção Mini Wedding. (Lethicia Bronstein/Divulgação)

A moda costuma ir para um lado mais romântico após tempos difíceis. Quais tendências de casamento você prevê?

As noivas não sabem quando poderão casar. Sinto desde que fiz o vestido de casamento da Camila Queiroz, com um vestido mais “princesa” na praia, em Jericoacoara, as noivas querem peças que tenham essa linguagem mais romântica. Ou seja, a noiva quer casar na praia sem minimalismo ou simplicidade. Agora com a pandemia, após mais de um ano em casa, sinto que as mulheres darão mais importância com o ato de se arrumarem para os eventos, as convidadas vão se arrumar como se estivessem indo para o Oscar, com muitos bordados. 

O que você planeja para este ano? 

Até a metade deste ano quero inaugurar uma loja em São Paulo, focada nas peças da Le Bronstein. Acredito que será uma virada de chave para quem enxerga só meu nome associado a festa. Aos que procuram o casual, será uma nova opção de marca. Também quero desmembrar as três marcas em sites independentes. Falando em lançamento de peças, para Le Bronstein teremos quatro entradas grandes e lançamentos mensais. Para Pietra, teremos coleções cápsulas a cada três meses, e as camisas pretendo repor em outubro e dezembro. 

Você pretende lançar novas colaborações?

Sim, há 12 anos comecei a colaborar com outras marcas, como Hope, Hering, Riachuelo. Não irei deixar de fazer essas parcerias, mas também quero olhar para marcas menores e fazer pelos outros o que as grandes marcas fizeram comigo. Recentemente convidei a Nadia Gimenez, que faz bijuterias, para participar do meu desfile no Minas Trend. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.