Casual

Conheça os herdeiros que podem suceder Bernard Arnault, o homem mais rico do mundo

O CEO da LVMH está atento em qual dos seus cinco filhos será o sucessor do conglomerado avaliado em 400 bilhões de euros

Bernard Arnault, CEO da LVMH terá que se aposentar em cinco anos. (Nathan Laine/Getty Images)

Bernard Arnault, CEO da LVMH terá que se aposentar em cinco anos. (Nathan Laine/Getty Images)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 17 de abril de 2024 às 17h53.

Última atualização em 18 de abril de 2024 às 15h21.

Tudo sobreLVMH
Saiba mais

O posto de homem mais rico do mundo varia a cada semana, em uma briga de ações que colocam em disuputa Bernard Arnault, CEO da LVMH e Elon Musk,  CEO Tesla, X, SpaceX e Neuralink. No entanto, Arnault, hoje com 75 anos, possui cinco anos no cargo até se aposentar por atingir o limite de idade para o cargo de executivo-chefe do grupo.

Assim, o empresário dono de marcas como Louis Vuitton, Givenchy, Möet Chandon, Sephora e Tiffany está atento em qual dos seus cinco filhos será o sucessor do conglomerado avaliado em 400 bilhões de euros (1,2 trilhão de reais).

Delphine, Antoine, Alexandre, Fréderic e Jean, todos os herdeiros de Arnault possuem cargos na LVMH. No entanto, apenas dois filhos do primeiro casamento de Arnault, Delphine e Antoine são membros do conselho do grupo. Alexandre e Fréderic possivelmente entrarão no conselho.

Conheça os herdeiros de Bernard Arnault

Delphine Arnault

Delphine Arnault. (Luc Castel/Getty Images)

Delphine é a filha mais velha de Arnault e ingressou no grupo em 2000. Em 2008 foi nomeada vice-diretora da Dior e em 2013 se tornou vice-gerente geral da Louis Vuitton. Com 49 anos, a executiva desempenha um papel vital na LVMH como diretora executiva e vice-presidente da Louis Vuitton. Ela também supervisiona as marcas de moda da empresa, além de liderar iniciativas de sustentabilidade e responsabilidade social.

Antoine Arnault

Antoine Arnault. (Dia Dipasupil/Getty Images)

Antoine é um executivo da LVMH. Ele ocupa o cargo de Chefe de Comunicação e Imagem do grupo. Seu papel abrange a promoção das marcas e a comunicação estratégica. No passado, Antoine foi diretor geral e vice-presidente do conselho da Christian Dior SE.

Alexandre Arnault

Alexandre Arnault. ( Jon Kopaloff/Getty Images)

Com 31 anos, Alexandre é o líder da Rimowa, uma marca de bagagens de luxo da LVMH. Ele trabalhou para revitalizar a marca, trazendo inovação e modernidade para a tradicional fabricante de malas.

Frédéric Arnault

Frédéric Arnault. (Kristy Sparow/Getty Images)

No início do ano, Frédéric Arnault foi nomeado CEO da LVMH Watches, responsável pela Hublot, TAG Heuer e Zenith. Frédéric ingressou na TAG Heuer em 2017 e se tornou o CEO da marca em 2020.

Jean Arnault

O filho caçula, hoje com 26 anos, ingressou no grupo como diretor de marketing da Louis Vuitton e atualmente é o diretor da indústria relojoeira da marca.

Quantas empresas Bernard Arnault possui?

Bernard Arnault é o presidente e CEO da LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton, um conglomerado renomado que engloba mais de 70 marcas de luxo em diversas indústrias, como moda, beleza, vinhos e relógios.

Através de sua visão estratégica e investimentos, ele expandiu o império da LVMH para abranger um amplo espectro de marcas icônicas e influentes, incluindo Louis Vuitton, Christian Dior, Fendi, Givenchy, Moët & Chandon e muitas outras.

O grupo também tem investimentos em setores como hotéis de luxo e mídia, demonstrando a diversificação e alcance das empresas sob o comando de Arnault.

Vale lembrar, no entanto, que o conglomerado é uma empresa francesa e, apesar de seu alto valor de mercado, não faz parte do S&P 500 por não ser sediada nos Estados Unidos.

Quais são as marcas do grupo LVMH

O conglomerado LVMH abriga uma impressionante lista de marcas e subsidiárias em diversas indústrias.

No setor de vinhos e destilados, destacam-se marcas como Ao Yun, Chandon, Hennessy, Moët & Chandon, Veuve Clicquot, Glenmorangie, Dom Pérignon, entre outras.

Na moda e artigos de couro, o grupo inclui nomes renomados como Louis VuittonChristian DiorGivenchyFendiCeline, e Marc Jacobs, abrangendo uma variedade de estilos e estéticas.

A divisão de perfumes e cosméticos é marcada por marcas como Guerlain, Acqua di Parma, Parfums Givenchy, Fenty Beauty by Rihanna.

No setor de relógios e joias, a LVMH abrange BulgariTAG Heuer, Tiffany & Co. e outras marcas de prestígio. A divisão de varejo se estende para empresas como DFS, Le Bon Marché Sephora.

Além disso, o grupo engloba atividades diversas, desde o setor hoteleiro com Bulgari Hotel and Resorts até mídia, incluindo propriedades como Les Echos e Radio Classique.

Essa diversidade reflete a amplitude e influência global da LVMH nos setores de luxo, proporcionando uma presença abrangente em diversas áreas de consumo e entretenimento de alta qualidade.

A demanda por experiências únicas e produtos de alta qualidade impulsiona o prestígio dessas marcas, criando um ambiente onde a excelência é recompensada com sucesso comercial duradouro.

O grupo possui uma estratégia de aquisições, visando aumentar seu retorno sobre patrimônio com novas empresas.

Acompanhe tudo sobre:LVMHHerdeirosModaLuxo

Mais de Casual

Um por mês e sem hora para acabar. Pesquisa mostra como é o churrasco do brasileiro

Vermute dry brasileiro é eleito o melhor do mundo em concurso internacional

Tênis da Nespresso: conheça o modelo Re:Ground feito com borra de café

Jato queridinho dos brasileiros: fabricante abre centro de manutenção próximo a São Paulo

Mais na Exame