Acompanhe:

O crescente interesse dos brasileiros pelo café, unido ao amadurecimento do consumidor, tem provocado mudanças no setor, desde a produção, passando pela indústria, impactando também o varejo. Gostos e estilos vão surgindo e ganhando força. O café especial se tornou queridinho entre os coffee lovers, por exemplo.

Atenta às tendências de consumo e à evolução do mercado, a ABIC incluiu a categoria de café especial em seu internacionalmente reconhecido Programa de Certificação. A introdução do Selo Especial para cafés torrados marca uma estratégia da ABIC para assegurar e expandir a oferta de produtos diferenciados, promovendo qualidade e valor agregado em resposta à crescente demanda dos consumidores brasileiros por experiências sensoriais únicas.

Certificação em prol do consumidor de café especial

Para atualizar o seu Programa de Certificação e incluir a categoria de café especial, a Associação realizou pesquisa com mais de 500 consumidores em diversos estados brasileiros, através da qual foi verificado o entendimento desse estilo junto ao consumidor.

O trabalho será realizado em parceria com a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), que irá analisar o café cru por meio do seu próprio protocolo, emitindo um laudo. Uma vez validado o café cru, apresentando nota acima de 80 pontos, a torrefação precisará apresentar certificações de sustentabilidade e rastreabilidade, garantindo a origem daquele produto. A indústria então irá produzir o café torrado, que será enviado para avaliação conforme o Protocolo Brasileiro de Avaliação Sensorial de Cafés Torrados da ABIC, com as análises microscópica e sensorial.

Após essa etapa, o produto somente será classificado como ecspecial caso apresente alta doçura, baixo amargor e alta qualidade de acidez, além de notas intensas florais, frutadas e baunilha, entre outras. O café pode ser da espécie arábica, da espécie canéfora ou blend das duas espécies.

O consumidor está no centro das decisões. Afinal, é ele quem dita os rumos e tendências do mercado. Essa mudança tem por objetivo estar em sintonia com os amantes de café do país e com as transformações do mercado.

Benefícios para o consumidor de café especial

• Qualidade e Pureza do produto
• Segurança do alimento
• Certeza de um café livre de impurezas, como cascas e paus
• Garantia de sustentabilidade
• Rastreabilidade

Mas, vale ressaltar: não existe categoria de café melhor ou pior, mas, sim, aquela que melhor se adequa ao gosto do consumidor. Cada paladar sugere um estilo de bebida. O importante é estar sempre atento à certificação no momento da escolha do produto.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Mundo dos milionários: os iates que navegam por águas brasileiras e são atração em evento nos EUA
Casual

Mundo dos milionários: os iates que navegam por águas brasileiras e são atração em evento nos EUA

Há 3 horas

Azeite no sorvete é a nova tendência gastronômica?
Casual

Azeite no sorvete é a nova tendência gastronômica?

Há 4 horas

6 restaurantes com menu executivo por até R$ 80 na região da Faria Lima, em São Paulo
Casual

6 restaurantes com menu executivo por até R$ 80 na região da Faria Lima, em São Paulo

Há um dia

'Um Defeito de Cor': desfile da Portela coloca livro em 1º lugar em vendas na Amazon
Casual

'Um Defeito de Cor': desfile da Portela coloca livro em 1º lugar em vendas na Amazon

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais