Casual

BYD decide aumentar garantia, incluindo de carros já vendidos; veja o que muda

Para a linha de carros de passeio 100% elétricos, todos os veículos passam a ter garantia de 6 anos e, agora, sem limite de quilometragem

Dolphin: BYD constrói fábrica em Camaçari, na Bahia (Divulgação/Divulgação)

Dolphin: BYD constrói fábrica em Camaçari, na Bahia (Divulgação/Divulgação)

Gilson Garrett Jr.
Gilson Garrett Jr.

Repórter de Casual

Publicado em 8 de maio de 2024 às 15h39.

Última atualização em 8 de maio de 2024 às 15h44.

Uma das principais reclamações dos clientes que compravam os carros da BYD era a garantia. Com validade de cinco anos, ela tinha limite de quilometragem. Além disso, para alguns itens o período era considerado muito baixo. Em um comunicado divulgado pela montadora, a chinesa 'escutou os clientes' e decidiu mudar as regras, ampliando os prazos, incluindo carros já em circulação.

Para a linha de carros de passeio 100% elétricos, todos os veículos passam a ter garantia de seis anos e, agora, sem limite de quilometragem. Os componentes de alta tensão e baixa tensão também passam a ter garantia de seis anos. Outros sistemas tiveram a garantia triplicada de um para três anos e sem limite de quilometragem, e itens periféricos passam de três para seis meses de garantia e de 5 mil para 10 mil quilômetros.

Para os híbridos, os carros também têm seis anos de garantia e sem limites de quilometragem. A bateria mantém a garantia de oito anos, mas também não tem mais limite de quilometragem. Para os itens de alta e baixa tensão, a garantia sobe de cinco para seis anos.

Chega a segunda geração do BYD Tan

Há poucos dias a BYD apresentou a segunda geração do Tan, o primeiro SUV com sete lugares 100% elétrico comercializado no mercado brasileiro. Um dos grandes diferenciais dessa versão é que a autonomia saiu de 309 quilômetros para 430 quilômetros no ciclo PBEV (modelo do Inmetro).

A nova bateria Blade tem capacidade 25% superior em relação ao modelo anterior. Em 30 minutos, o SUV consegue 30% a 80% de carga em carregamento de alta capacidade. O BYD Tan já está disponível na rede de concessionárias com preço público sugerido de R$ 536,8 mil. O modelo é entregue com carregador Walbox incluso.

Acompanhe tudo sobre:BYDCarrosCarros elétricosCarros híbridos

Mais de Casual

Em Barcelona: conheça o melhor restaurante do mundo e saiba quanto custa o menu

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana

Como as cervejarias podem cativar uma Geração Z que bebe menos?

Festa Junina: 10 lugares para provar pratos típicos em São Paulo

Mais na Exame