Casual

Recém-lançada, Ferrari de quase R$ 4 milhões já vendeu 20 unidades no Brasil

Na previsão da grife italiana, os carros devem chegar aos clientes brasileiro até o final do ano

Ferrari Roma Spider: novo lançamento da marca italiana no Brasil. (Fábio Balian/Exame)

Ferrari Roma Spider: novo lançamento da marca italiana no Brasil. (Fábio Balian/Exame)

Gilson Garrett Jr.
Gilson Garrett Jr.

Repórter de Casual

Publicado em 19 de maio de 2024 às 07h13.

Última atualização em 13 de junho de 2024 às 17h35.

Tudo sobreCarros
Saiba mais

O universo das supermáquinas automobilísticas sempre atraiu olhares admirados e colecionadores apaixonados por velocidade e luxo. No Brasil, essa paixão não é exceção, especialmente quando se trata de marcas lendárias como a Ferrari. Com seu legado de elegância, potência e prestígio, cada lançamento da casa de Maranello é aguardado com grande expectativa pelos entusiastas de automóveis de alta performance.

Recentemente, a Ferrari surpreendeu o mercado brasileiro com o lançamento de um modelo exclusivo, que tem conquistado o coração dos mais exigentes: uma máquina poderosa com um preço de R$ 3,950 milhões. Trata-se da Ferrari Roma Spider, um modelo que mistura aquele sangue puro da marca italiana no quesito velocidade com algo mais casual.

O sucesso foi tanto que em poucos dias, desde a chegada ao mercado brasileiro, 20 unidades já foram vendidas, antes mesmo do lançamento oficial. Na previsão da grife, os carros devem chegar aos clientes até o final do ano. Tudo é intermediado pela importadora oficial da marca, a Via Itália, que também comemora o sucesso de outro modelo lançado no ano passado, a Ferrari Purosangue, o primeiro SUV da montadora.

Ferrari Roma Spider. (Divulgação/Divulgação)

Capota flexível

O modelo Spider mantém as mesmas proporções, dimensões e especificações do bem-sucedido conceito V8 2+2 da Ferrari Roma. Um dos grandes destaques é a icônica capota flexível - uma solução que marca, 54 anos após o 365 GTS4 de 1969, o glorioso retorno do item a um carro Ferrari com motor central dianteiro.

Em termos de desempenho, destaca-se o curto tempo de abertura e fechamento do teto, que leva 13,5 segundos, mesmo em velocidade máxima de 60 km/h. O redesenho do teto exigiu uma revisão do desenho da janela traseira, acomodada sob a capota quando recolhida, devido à sua inclinação acentuada na traseira.

Ferrari Roma Spider. (Divulgação/Divulgação)

Motor, velocidade e elegância

Como na Ferrari o luxo é sempre levado ao extremo, no modelo Roma Spider não seria diferente. O chassi de alumínio garante leveza e um design sofisticado para cominar com o motor V8 de 620 hp da família de motores premiada como “Motor Internacional do Ano” em quatro edições consecutivas. O motor é acoplado à caixa de câmbio DCT de 8 velocidades da Ferrari, conhecida por suas trocas de marchas rápidas.

Na ficha técnica, o carro atinge velocidade máxima de 320 km/h, vai de zero a 100 quilômetros por hora em 3,4 segundos. Tem 4,656 metros de comprimento, e 1,974 m de largura. A distância entre eixos é de 2,670 m. A capacidade de combustível é de 80 litros, e a do compartimento de bagagem é de 255 litros.

yt thumbnail
Acompanhe tudo sobre:FerrariFerrari SpiderCarros

Mais de Casual

Humberto Campana volta à terra natal e cria galeria a céu aberto

Moda e praia à italiana: Missoni assina beach club de hotel na Sicília

Por que Mark Zuckerberg mudou de estilo? Dono da Meta usa camiseta de mil dólares

Conheça o castelo na França exclusivo para convidados da Moët & Chandon

Mais na Exame