Balotelli denuncia ataques racistas durante jogo do Nice

"É normal que os torcedores do Bastia imitem gritos de macaco e façam 'ouh ouh' durante todo o jogo e que ninguém diga nada?", questionou o atacante

Paris - O atacante italiano Mario Balotelli denunciou neste sábado (21), por meio das redes sociais, que foi vítima de ataques racistas durante o empate entre Nice e Bastia, pela 21ª rodada do Campeonato Francês.

"É normal que os torcedores do Bastia imitem gritos de macaco e façam 'ouh ouh' durante todo o jogo e que ninguém da suposta comissão disciplinar não diga nada? O racismo é legal na França ou só em Bastia?", criticou o jogador, em post no Instagram.

Balotelli, que já foi alvo de ataques em outros momentos da carreira, lamentou especificamente os comportamento presente ontem no estádio Armand-Césari.

"O futebol é um esporte magnífico, mas torcedores como os do Bastia o prejudicam. Foi uma vergonha", completou o atacante.

Bastia e Nice ficaram no empate em 1 a 1, na abertura da 21ª rodada do Francês. Com o resultado, o time de Balotelli chegou aos 46 pontos e reassumiu a liderança provisória da competição.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.