A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Amazon e Salvatore Ferragamo denunciam falsificações nos Estados Unidos

A Salvatore Ferragamo, empresa italiana de artigos de luxo, moveu uma ação contra vendedores de cintos falsificados na Amazon

A Amazon e a Salvatore Ferragamo entraram com duas ações judiciais em tribunais dos Estados Unidos nesta quinta-feira (11) contra vários vendedores, acusando-os de usar a loja virtual para oferecer falsificações de produtos de luxo da marca italiana.

Seu dinheiro está seguro? Aprenda a proteger seu patrimônio

As ações, ajuizadas separadamente, acusam quatro comerciantes individuais e três empresas sediadas nos Estados Unidos ou na China de vender imitações de cintos da Ferragamo, com seu logo e design, na Amazon.

As empresas argumentaram que compraram alguns dos produtos e verificaram que eram falsos.

A Amazon disse que encerrou as contas dos vendedores, que compartilhavam os mesmos endereços de e-mail, dados bancários, táticas de vendas e embalagens.

"Não permitimos produtos falsificados em nossa loja e deixamos bem claro que tomamos medidas agressivas para responsabilizar os malfeitores que tentam fugir de nossas medidas preventivas", afirmou o vice-presidente da Amazon, Dharmesh Mehta.

A grife Salvatore Ferragamo, conhecida por ser dura contra falsificadores, informou que bloqueou 94 mil produtos em todo o mundo em 2020, recebendo 2,8 milhões de dólares em compensação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também