Carreira

Telefônica Vivo investe em benefícios para funcionários

Empregados contam com descontos para atividades de lazer e ajuda de custo em medicamentos, entre outros mimos


	Fachada da Telefônica/Vivo
 (ALEXANDRE BATTIBUGLI)

Fachada da Telefônica/Vivo (ALEXANDRE BATTIBUGLI)

DR

Da Redação

Publicado em 19 de agosto de 2013 às 16h24.

São Paulo (SP) - O clima é de muito trabalho e movimentos na carreira — o que é, de longe, o principal motivador para os jovens da Telefônica Vivo, operadora de telefonia fixa, móvel e serviços de transmissão de dados. "As portas estão abertas, só não aproveita quem não quer", diz um empregado.

"Toda segunda-feira, a Vivo divulga as novas vagas na intranet, e são muitas as chances de promoção", afirma uma jovem. E outra completa: "Das sete pessoas que entraram na empresa comigo, cinco se tornaram gerentes em quatro anos".

Prova de que estão atentos às oportunidades, os funcionários sabem de cor os cinco pontos da linha estratégica que a companhia criou depois da fusão Telefônica-Vivo (em 2010): +cliente, +ágil, +digital, +global e +líder. Segundo a empresa, as diretrizes são seguidas dentro e fora do Brasil e dão o caminho para aqueles que querem avançar.

"Minha gerente foi me direcionando, me orientou para eu ir crescendo até ser promovido", diz um funcionário. De acordo com a diretora de clima e endomarketing, Lilia Cruz de Paula Vieira, para dar conta do período de expansão e correria, têm sido adotadas cada vez mais ações de saúde e qualidade de vida. "Nosso trabalho é intenso, mas cuidamos do ambiente", diz.

Entre esses cuidados está o programa Nosso Clube, que promove eventos e dá descontos para atividades de lazer, como corridas, jogos de futebol e aulas de dança, por exemplo. Nessa linha, a Vivo também permite um horário de trabalho um pouco flexível: os jovens podem escolher entrar entre 7 e 11 horas.

Apesar disso, eles, com frequência, ficam até depois do horário, mas as horas podem ser compensadas. Entre os benefícios está o pagamento de 50% do valor de qualquer remédio com receita, válido para empregados e dependentes. 

Ponto(s) positivo(s) Ponto(s) negativo(s)
Todos os funcionários ganham uma folga no dia do aniversário. Os salários, segundo jovens profissionais de todas as áreas, estão acima da média do setor de telefonia. Nem todos os jovens conhecem a política de subsídios à educação, mais divulgada entre aqueles que trabalham nos escritórios. Em algumas áreas, principalmente as técnicas, o crescimento é lento.
Acompanhe tudo sobre:3GCarreira jovemEdição 180EmpresasEmpresas abertasEmpresas espanholasMelhores Empresas para Começar a CarreiraMercado de trabalhoOperadoras de celularServiçosTelecomunicaçõesTelefônicaVivo

Mais de Carreira

Qual a diferença entre hard skills e soft skills?

Como estudar para concursos públicos: dicas essenciais para sucesso

10 Dicas para se concentrar na hora de estudar

Como melhorar as habilidades de comunicação no trabalho

Mais na Exame