Setor de tecnologia tem os funcionários mais engajados; veja ranking

Instituto de pesquisas ADP Research define engajamento como: o estado mental e emocional que permite uma pessoa entregar seu melhor

O instituto de pesquisas ADP Research define engajamento como: o estado mental e emocional que permite uma pessoa entregar seu melhor. Há anos, a organização tem medido os índices desse comportamento nos funcionários de empresas em diversos países.

Os dados de 2020 mostram que o Brasil melhorou de posição e 18% (eram 14% em 2018) dos trabalhadores estão em um estado de engajamento total. Além disso, o relatório aponta os setores em que essa motivação no trabalho é maior.

Em primeiro lugar está o setor de tecnologia, com 20% dos profissionais no mundo em um estado de alto engajamento. A posição ainda mantém uma distância grande do segundo colocado, o setor financeiro. Por último, fica a manufatura, com cerca de 12% de engajamento total.

ranking engajamento Ranking dos setores mais engajados em 2020: 

Ranking dos setores mais engajados em 2020:  (ADP Research/Reprodução)

Entre os fatores que ajudam a criar esse engajamento, o relatório da ADP destaca um ponto: quem confia em seu líder tem até 14 vezes mais chances de ser um profissional engajado.

Para Mariane Guerra, vice-presidente de Recursos Humanos da ADP na América Latina, o aumento no de 14% para 18% no Brasil pode ser explicado por medidas nos últimos anos que têm humanizado a gestão de pessoas nas empresas e as lideranças, o que ganhou peso durante a própria pandemia.

"A gente viu também que o trabalhador que confia no seu líder tem 12 vezes mais chance de ser engajado. Essa pode ser uma hipótese de por que esses números melhoraram. Temos exemplos de empresas e da liderança em se humanizar, se voltar para as pessoas, se acolher."

Entre os benefícios do engajamento, está a garantia da resiliência. A pesquisa também verificou que o número de pessoas resilientes é o dobro entre os altamente engajados e os que só aparecem para trabalhar. O oposto também foi percebido: 80% dos vulneráveis estão dentro do grupo de baixo engajamento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.