Por que a Bem Brasil Alimentos é um lugar incrível para trabalhar?

Líder no mercado de batatas pré-fritas congeladas, a empresa conquistou importantes prêmios de gestão de pessoas neste ano

O que faz da Bem Brasil Alimentos, primeira indústria brasileira e líder do varejo nacional de batatas pré-fritas congeladas, uma potência em gestão de pessoas? A empresa, fundada em 2006 por uma família de Araxá, em Minas Gerais, ganhou dois prêmios voltados para práticas de recursos humanos em 2020.

Na premiação do Valor Carreira: As Melhores na Gestão de Pessoas, ficou com o terceiro lugar entre as 35 empresas na categoria de 501 a 1.000 empregados. Já no Prêmio Lugares Incríveis para Trabalhar, realizado pelo UOL e pela Fundação Instituto de Administração (FIA), da Universidade de São Paulo (USP), conquistou a quinta posição em um ranking de 100 empresas.

A iniciativa destaca as empresas brasileiras com os mais altos níveis de satisfação entre seus colaboradores e mede o ambiente de trabalho, a cultura organizacional, a atuação da liderança e a satisfação com os serviços de RH.

A resposta ao sucesso pode ser creditada à cultura da empresa, que coloca seus 850 colaboradores no centro do negócio. “Em nosso jeito de ser e em nosso plano estratégico, as pessoas são o pilar principal e a base para que todas as áreas e processos tenham sucesso”, afirma Franciele Abadia Reis de Souza, supervisora de recursos humanos da Bem Brasil Alimentos.

Os prêmios não são novidade na empresa mineira. Em 2019, ela já havia integrado a lista das Melhores na Gestão de Pessoas do Valor Carreira, quando concorreu pela primeira vez. Também foi listada no Guia VOCÊ S/A – As 150 Melhores Empresas para Trabalharpesquisa realizada pela revista em parceria com a FIA, quando a Bem Brasil participou pela segunda vez.

Para Franciele, fazer parte dessas premiações é um excelente termômetro de que as práticas de gestão da Bem Brasil estão levando a empresa a um novo patamar e auxiliando-a na obtenção de um diferencial no mercado.

Fórmula do sucesso

A receita para alcançar tantos resultados é simples. A proposta de valor da Bem Brasil é alimentar bons momentos, e a empresa acredita que a lição de casa se inicia na forma como trata seus colaboradores. “São as pessoas que trazem o diferencial competitivo para a organização, porque tudo o que se vive em uma organização se reflete na vida e à mesa de seus consumidores”, acredita Franciele.

Aa ações de RH da empresa consideram os três pilares da gestão de pessoas: atração, desenvolvimento e retenção. Em atração, busca técnicas e ferramentas para avaliar o fit cultural de candidatos para trazer profissionais que realmente se identifiquem com a cultura da empresa. “Além disso, direcionamos as oportunidades primeiramente ao nosso pessoal e só depois abrimos para o mercado, quando não conseguimos profissionais internamente”, conta a executiva.

Em desenvolvimento, a Bem Brasil aposta em uma série de programas que contemplam desde a preparação de profissionais dos níveis técnicos e operacionais até os atuais líderes e também os futuros, ou seja, profissionais com potencial para ocupar cargos de liderança. Todas as ações desse pilar são estruturadas com base no desenvolvimento de competências e habilidades diferenciadoras tanto na vida profissional quanto na pessoal de todos os colaboradores.

E, no pilar retenção, a aposta é feita em ações voltadas para práticas de remuneração aderentes ao mercado, saúde e bem-estar, um bom clima organizacional e conexão com o propósito da Bem Brasil para que, assim, todos se sintam parte da enorme família que é a empresa.

“Em nossa visão, está expresso o intuito de nos tornarmos uma empresa longeva, e isso só será possível com pessoas que se identifiquem com a ideologia, se sintam parte do negócio e sejam felizes por fazer parte do time”, aponta Franciele.

Plantando o futuro

A fórmula parece fazer sucesso entre os colaboradores da Bem Brasil. “Em geral, nosso pessoal é muito aberto ao novo e, com um bom processo de comunicação e preparação do time e dos líderes, a implementação de novos processos e programas torna-se bem mais fácil”, exemplifica Franciele.

Abraçar novidades vai ser fundamental para os próximos passos da área de RH da Bem Brasil: aumentar o foco em desenvolvimento em todos os níveis da estrutura (gestores e não gestores) e na retenção de pessoal, para dar sustentação ao crescimento do negócio com a construção de uma nova linha produtiva.

Também há uma grande energia concentrada na consolidação da Academia da Batata, universidade corporativa com formato híbrido de ensino que será o guarda-chuva dos programas de desenvolvimento da empresa. E, desse modo, permitir que a Bem Brasil continue conquistando ainda mais prêmios na área de gestão de pessoas e, por que não?, em outras áreas.

Em 2020, a empresa foi a Melhor do Agro Óleos, Farinhas e Conservas da edição especial Melhores e Maiores 2020, da EXAME, e a campeã das campeãs da 16ª edição do Prêmio 500 Maiores do Agronegócio, realizado pela revista Globo Rural, da Editora Globo. O bom desempenho é resultado do aumento de 53% na receita líquida da Bem Brasil em 2019, que superou 1 bilhão de reais, respondendo por uma fatia de cerca de 40% do mercado doméstico de batata pré-frita. Um sinal de que investir em gente dá resultados financeiros também.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.