Mulheres ainda são minoria nos cargos de gestão

Em cargos de gestão, os maiores destaques se dão para as áreas de seguros e varejo, em que os homens recebem, respectivamente, 65% e 34% a mais do que as mulheres

	A área que melhor remunera as mulheres é a de recursos humanos. Nesta, os homens recebem, em média, apenas 6% a mais do que as mulheres
 (Stock.xchng)
A área que melhor remunera as mulheres é a de recursos humanos. Nesta, os homens recebem, em média, apenas 6% a mais do que as mulheres (Stock.xchng)
D
Da RedaçãoPublicado em 08/03/2013 às 18:39.

A Michael Page, empresa de recrutamento especializado em média e alta gerência, preparou um comparativo de contratações entre homens e mulheres em 2012.

Nos cargos de gestão, com salários acima de R$ 8 mil, 72% dos candidatos contratados são homens.

Em nenhuma das áreas estudadas as mulheres receberam uma faixa salarial acima da aplicada aos homens, para os mesmos cargos e divisões.

Avaliando todas as posições em geral, as mulheres estão desvantagem.

Em cargos de gestão, os maiores destaques se dão para as áreas de seguros e varejo, em que os homens recebem, respectivamente, 65% e 34% a mais do que as mulheres.

Divisão % Salário fem x masc
Finanças 81%
Banking 80%
Seguros 34%
Varejo 65%
Vendas 79%
Marketing 82%
Engenharia 74%
Construção 79%
Supply Chain 80%
Recursos humanos 94%
Healthcare 71%
Legal 77%
Oil & Gas 75%
Information Technology 77%


Vendas, engenharia, construção, saúde, advocacia, petróleo e gás e TI também demonstram discrepância salarial entre eles e elas, e nestas áreas os salários femininos, em média, não atingem 80% dos salários aplicados aos homens de mesmo cargo.

Por outro lado, a área que melhor remunera as mulheres é a de recursos humanos. Nesta, os homens recebem, em média, apenas 6% a mais do que as mulheres. Esta área, no entanto, é a mais feminina dos setores analisadas, com 67% de participação feminina nas contratações.

Os setores de engenharia e finanças foram os que mais cresceram em contratação no ano passado e, juntos, representaram 41% das contratações totais em todos os escritórios da empresa.

Confira o sobe e desce das contratações na Michael Page em cargos de suporte à gestão no ano de 2012:

Divisão SOBE % do total DESCE % do total
Finanças Controller 10.8% Riscos corporativos 0.16%
Banking Crédito 10.7% Subscritor 0.71%
Varejo E-commerce 4.7%    
Vendas Gerente de contas 5.8%    
Marketing Coordenador/Gerente/Diretor de Marketing 14.4% Inteligência de mercado 0.93%
Engenharia Engenheiro de Manutenção 6.6% Custos 0.46%
Construção Engenheiros Civis 7.0% Arquiteto de Compatibilização 0.82%
  Área de Projetos 5.3%    
Supply Chain Área de compras 15.0% Supervisor de Manutenção 0.93%
Recursos humanos Business Partner 5.2% Treinamento 1.96%
Oil & Gas Operações 5.3% Geofísicos 1.32%
Information Technology Infraestrutura 9.0% Administrador de dados  


A pesquisa foi feita com dados de 2012 dos 11 escritórios no Brasil da Michael Page, que abrangem os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e regiões Norte e Nordeste.